CULTURA / Sexta, 29 Janeiro 2021 09:07

Morte de Cicely Tyson, primeira mulher negra a receber o Oscar, gera comoção

Em seu último trabalho, na série "How to Get Away With Murder", a Cicely atuou ao lado de Viola Davis, que lamentou a morte da atriz em um texto emocionado: "Você foi tudo para mim", escreveu.

Texto: Roberta Camargo | Edição: Lenne Ferreira | Imagem: Bcharts

 

A morte da atriz Cicely Tyson, sem causas reveladas, foi anunciada por sua agente, que lançou, na última terça-feira (26) um livro de memórias intitulado: "Just As I Am". Com mais de 70 anos de carreira, a estrela da Broadway foi indicada ao oscar pela atuação em “Lágrimas de Esperança”. A atriz era conhecida pela postura firme no combate ao racismo e recusou diversos papéis que reforçassem o esteriótipo explorado pela mídia sobre pessoas negras. 

cecily tyson corpoImagem:Jack Mitchell

Ganhadora de Emmys e Tonys, Cicely atuou no cinema, no teatro e, em seu último trabalho na TV, interpretou a mãe da personagem Analise Kiling, série de Shonda Rimes, com Viola Davis no papel de protagonista. Nas redes socias, Viola registrou uma homenagem emocionada para Tyson.

viola Imagem: Reprodução / Instagram

"Estou devastada. Meu coração está partido. Eu te amei tanto!! Você foi tudo para mim! Você me fez sentir amada, vista e valorizada em um mundo onde ainda existe um manto de invisibilidade para nós, meninas de cor de chocolate. Você me deu permissão para sonhar", diz Viola em parte do texto.

A estreia de Cicely no cinema aconteceu em 1968, no filme "Por que tem que ser assim?" e em menos de dez anos, foi indicada ao Oscar como melhor atriz, por seu trabalho no filme "Lágrimas de Esperança". Em 2019, Cicely foi a primeira mulher negra a receber um Oscar honorário.

Em suas redes sociais, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama também prestou homenagem à atriz e relembrou imagens de 2016, quando Cecily recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade, uma condecoração concedida pelo presidente do país.

obamaImagem: Reprodução  / Instagram

"Cicely não foi destinada para uma carreira em Hollywood. Quando ela era criança, sua mãe - uma mulher trabalhadora e religiosa que limpava casas - não deixada sequer que ela visse filmes. Mas uma vez que Cicely se educou, tomou a decisão consciente não só de seguir seu caminho, como de dizer sua verdade", comentou Barack, que lamentou a morte da atriz.

 

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS