CULTURA / Quarta, 21 Julho 2021 10:00

Mestre João do Boi lança documentário sobre o Samba de Chula

Considerado um dos grandes mestres da cultura popular da Bahia, João do Boi traz o próprio olhar sobre o Samba de Chula ritmo tradicional na região de Santo Amaro, na Bahia

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Fidelis Melo

Introdução:

Considerado um dos grandes mestres da cultura popular da Bahia, João do Boi traz o próprio olhar sobre o Samba de Chula ritmo tradicional na região de Santo Amaro, na Bahia

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Fidelis Melo

Considerado como um dos grandes mestres da cultura popular, o Mestre João do Boi lança, na quarta-feira (21), o documentário “João do Boi Gritador de Chula”, que conta, por meio de suas lembranças, as tradições e histórias sobre o Samba Chula, uma das matrizes do ritmo tradicional da região do Recôncavo da Bahia. O conteúdo está disponível no canal do artista no Youtube. (Clique aqui)

No filme, o mestre, que é cantador e compositor, também traz o seu olhar com o ritmo, a relação do samba com a sua família e as suas vivências como sambador, vaqueiro, marisqueiro e agricultor.

 

A obra foi filmada na comunidade quilombola São Braz, em Santo Amaro, onde o mestre nasceu, em 1944. Na comunidade é onde residem as memórias mais afetivas que deram origem à arte e composição do cantador.

O mestre criou, junto com o falecido irmão Antônio Saturno, conhecido como Alumínio, o grupo Samba Chula de São Braz e gravou o cd “Quando Dou Minha Risada Ha, Há” em 2009. Foi com o grupo que eles participaram de festivais e apresentações pelo Brasil e exterior. Em 2015, fundou o grupo Samba Chula João do Boi e foi premiado, em 2016, como Bamba do Samba junto com Riachão e Paulinho da Viola. Em 2020, mestre João do Boi lançou o primeiro clipe com o grupo, intitulado "Samba Chula João do Boi Pot-Pourri".

Assista abaixo:

 

Leia também: Com o avanço da vacinação, escolas de samba esperam retorno de ensaios em outubro

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS