CULTURA / Sexta, 25 Março 2022 12:53

Lollapalooza Brasil 2022: quatro artistas negros se apresentam no 1° dia de festival

Doja Cat, Edgar, Matuê e Franz Lyons – baixista da banda de hardcore Turnstile – marcam presença nesta sexta-feira; confira a lista e os horários das apresentações

 

Texto: Redação | Imagem: Reprodução/Internet

Introdução:

Doja Cat, Edgar, Matuê e Franz Lyons – baixista da banda de hardcore Turnstile – marcam presença nesta sexta-feira; confira a lista e os horários das apresentações

 

Autor:

Texto: Redação | Imagem: Reprodução/Internet

Depois de dois anos sem acontecer devido a pandemia de coronavírus, o festival internacional de música Lollapalooza Brasil retoma as atividades no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 25, 26 e 27 de março. Hoje, no primeiro dia de evento, quatro artistas negros estarão nos palcos, a partir das 12h, com ritmos que vão do hardcore ao pop internacional. Confira a lista.

Turnstile

No palco Budweiser, o baixista negro Franz Lyons se apresenta com seu quinteto Turnstile. A banda de hardcore norte-americana, de Baltimore (Maryland), vem ao Brasil pela primeira vez, trazendo muito punk rock para os palcos do Lolla. Formada no ano de 2010, a Turnstile se destacou em agosto de 2021, com seu terceiro álbum, Glow On, que conquistou o #30 na Billboard 200. Na época, a Rolling Stone listou Glow On em 8º lugar no ranking dos 50 melhores álbuns de 2021.

Franz Lyons | Créditos: Reprodução/FlickrFranz Lyons | Créditos: Reprodução/Flickr

O baixista Franz Lyons também canta algumas faixas solo no show, e faz backing vocal para o vocalista principal, Brendan Yates. A banda de hardcore foi convidada para o Lollapalooza Brasil 2022 para substituir o King Gizzard & the Lizard Wizard, que teve problemas relacionados à Covid-19. Turnstile se apresenta às 14:45, no palco Budweiser.

Edgar

Às 13:05, abrindo o palco Adidas, o rapper guarulhense Edgar, com 28 anos, se apresenta também no primeiro dia de Lollapalooza com suas composições, que já foram utilizadas por muitos artistas, incluindo a saudosa Elza Soares, que gravou a faixa “Exú nas Escolas”.

Edgar | Créditos: DivulgaçãoEdgar | Créditos: Divulgação

Suas letras passaram a ser conhecidas em 2012, em suas redes sociais, até o rapper compilá-las no seu primeiro álbum independente, “Progéria Atípica”. Desde então, Edgar utilizou suas plataformas para compor, criar e dirigir obras, que vão desde música instrumental até curtas-metragens.

Em 2015, Edgar participou do programa televisivo Manos e Minas da TV Cultura, fato que chamou a atenção para seu trabalho. Seu álbum "Ultrassom'' foi eleito o 50º melhor disco brasileiro de 2018 pela revista Rolling Stone Brasil e um dos 25 melhores álbuns brasileiros do segundo semestre de 2018 pela Associação Paulista de Críticos de Arte. É a primeira vez que o artista negro se apresenta no Lollapalloza Brasil.

Matuê

Também no palco Adidas, Matheus Brasileiro Aguiar – ou Matuê – se apresenta no festival Lollapalooza Brasil. Ícone do movimento trap no Brasil, Matuê iniciou sua carreira em 2015 no reggae e no ano seguinte foi para o trap. Mesmo com apenas um álbum lançado em 2020, o cantor coleciona algumas platinas por seus muitos singles lançados, dentre eles “Quer Voar”, “777-666” e “M4”.

Nascido em Fortaleza (CE), aos oito anos de idade, Matue se mudou com seus pais para Oakland, cidade localizada no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Os quatro anos em terras estadunidenses foram suficientes para o artista negro se tornar fluente em inglês, até voltar para o Brasil em 2004, e passar a lecionar o idioma, a fim de custear sua carreira.

Matuê | Créditos: DivulgaçãoMatuê | Créditos: Divulgação

Matuê tem 3,5 milhões de ouvintes mensais no Spotify, e seu álbum "Máquina do Tempo" já passa de 110 milhões de visualizações no YouTube. Estreante no Lollapalooza Brasil, o artista se apresenta às 14:45.

Recentemente, o músico lançou o single “Sobe Junto”, com Emicida e Drik Barbosa. A música tem o sonho compartilhado como mensagem central, em uma tradução do verdadeiro significado do movimento hip hop, que é sobre vencer coletivamente. Não à toa, o verso que marca o refrão da faixa repete que "quem sonha junto, sobe junto". A canção é o tema de abertura do reality show Sobe Junto, criado por Budweiser, em uma iniciativa para fortalecer a cena musical e dar palco para novos talentos e bondes.

Doja Cat

A cantora Doja Cat é uma das grandes revelações pop dos últimos anos e uma das atrações mais esperadas para o Lollapalooza 2022. A cantora americana de 26 anos surgiu em 2013, e ganhou destaque com o hit “Say So”.

Doja Cat | Créditos: Reprodução/Fashion BubblesDoja Cat | Créditos: Reprodução/Fashion Bubbles

Doja Cat foi indicada ao Grammy 2022 e concorre em 8 categorias. O álbum “Planet Her” saiu em junho do ano passado, com músicas como "Kiss Me More" e "Woman", presenças garantidas no repertório do Lolla. A artista se apresenta às 20h10, no palco Ônix.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

novageracaoskate.jpg
temclimapraisso8.jpg
flagrapmbahia.jpg
anasanches7.jpg