CULTURA / Quarta, 25 Agosto 2021 09:06

Jornalista lança livro sobre cenário da música pop negra em Salvador

Livro analisa o cenário musical engajado no ativismo negro e traz conceitos e entrevistas com artistas e bandas da capital baiana

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Lorena Vinturini

Jornalista lança livro sobre cenário da música pop negra
Introdução:

Livro analisa o cenário musical engajado no ativismo negro e traz conceitos e entrevistas com artistas e bandas da capital baiana

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Lorena Vinturini

O jornalista baiano Marcelo Argôlo lança neste sábado (28), o livro digital 'Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude', que aborda o cenário da música Pop produzido por artistas negros (os) em Salvador. O e-book será disponibilizado gratuitamente na internet.

A proposta do livro é analisar o cenário musical engajado no ativismo negro. A obra está dividida em duas partes: na primeira, o autor apresenta os conceitos que fundamentam o trabalho; na segunda traz entrevistas nas quais confronta suas observações e entendimentos com as bandas e artistas da cena.

No livro, Argolô discute conceitos de cenas musicais, cultura pop e negritude, além de apresentar entrevistas com artistas, compositores, produtores musicais e bandas da capital baiana. Entre os (as) entrevistados (as) estão as cantoras Larissa Luz e Luedji Luna; o guitarrista da banda BaianaSystem, Roberto Barreto; o cantor do Afrocidade, José Macedo; o guitarrista Chibatinha entre outros.

Além de jornalista, Marcelo Argolô é pesquisador musical formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestrando em Comunicação pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

Para receber o livro, também é possível fazer um pré-cadastro no site. Com isso, o (a) leitor (a) vai receber o livro por e-mail assim que for disponibilizado.

Leia também: Escritora baiana ganha prêmio internacional de literatura

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS