CULTURA / Sexta, 30 Julho 2021 14:32

Filme pernambucano, com equipe majoritariamente negra, é selecionado para Festival do Rio

“Rosário" fará parte da Premiere Brasil, que acontece em agosto de forma semipresencial; curta-metragem foi gravado no Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife

Texto: Redação I Imagem: Divulgação

Imagem mostra cena do filme "Rosário", selecionado para o Festival do Rio
Introdução:

“Rosário" fará parte da Premiere Brasil, que acontece em agosto de forma semipresencial; curta-metragem foi gravado no Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife

Texto: Redação I Imagem: Divulgação

Com estreia em novembro 2019, no Panorama Internacional Coisa de Cinema, em Salvador, "Rosário", curta metragem pernambucano dos diretores Igor Travassos e Juliana Soares, foi selecionado para integrar a programação especial da Premiere Brasil - principal mostra do Festival do Rio - que acontecerá de 5 a 11 de agosto somente no Estação Net Botafogo, na capital carioca.

Em 2020, uma série de festivais e mostras de cinema ficaram impossibilitados de acontecer devido à falta de investimento e as restrições causadas pela pandemia. Foi o caso do Festival do Rio, um dos maiores da América Latina, que teve sua edição do ano passado adiada e, só agora, em agosto, será realizada.

Da mesma forma que a Covid-19 afetou os festivais, os curtas-metragens que estrearam no final de 2019, como é o caso de "Rosário", ficaram impossibilitados de circular e chegar ao público.  O filme, gravado na feira de Casa Amarela e no Morro da Conceição, conta a história de uma feirante que tem o hábito de ouvir os programas policiais e rezar pelas vítimas e suspeitos envolvidos nos crimes da madrugada.  No elenco, o curta traz nomes como Laís Vieira, Okado do Canal, Clebia Sousa e Mohana Uchôa. 

Com equipe majoritariamente composta por pessoas negras, a produção teve como objetivo democratizar as oportunidades no set, contrariando os modelos tradicionais de equipe empregados no cinema pernambucano. O filme também conta com recursos de acessibilidade comunicacional (audiodescrição, libras e legenda para surdos e ensurdecidos), permitindo que pessoas com deficiência possam acessar o conteúdo. 

Devido aos protocolos sanitários vigentes, o número de ingressos disponíveis para o Festival do Rio será limitado e entregue na bilheteria, sempre no mesmo dia da sessão. As sessões online dos longa-metragens entram em cartaz no InnSaei.tv no dia seguinte à sessão presencial e ficam disponíveis por, no máximo, 48 horas, dentro do limite de exibições de cada filme. As sessões online dos curtas estreiam no mesmo dia da sessão presencial no Estação Net Botafogo, e também ficarão disponíveis por 48 horas.

“Rosário” já integrou grades de programação de outros festivais nacionais e internacionais, entre eles o Janela Internacional de Cinema do Recife, Mostra de Cinema de Tiradentes e festivais internacionais como o Cine Por Los Derechos (Colômbia) e Porto Femme (Portugal). 

Leia também:

Mini-documentário homenageia e desmistifica a figura de Esú

Documentário 'Complexos' aborda vivência de artistas nascidos em favelas do Rio de Janeiro

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

boletim40.jpg
boogienaipe.jpg
ileaiyeemsalvador.jpg
juventudeeracismo.jpg