CULTURA / Sexta, 14 Agosto 2020 11:39

Filme com elite negra e periferia branca aborda tensão racial na maior metrópole do país

Longa-metragem “Mundo Deserto de Almas Negras”, com uma São Paulo “invertida”, estreia nesta sexta-feira (14), às 21h30, no YouTube

Texto: Redação I Edição: Nataly Simões I Imagem: Divulgação

O longa metragem de ficção “Mundo Deserto de Almas Negras” com os protagonistas Naruna Costa e Sidney Santiago apresenta uma inversão no recorte racial da cidade de São Paulo. No filme, os moradores dos bairros ricos, onde vivem a elite da cidade, a população é negra. Na outra ponta da sociedade, os brancos vivem nas periferias pobres e violentas. O filme é dirigido por Ruy Veridiano e estreia no YouTube nesta sexta-feira (14).

Com os conflitos gerados pela criminalidade e pela corrupção, o roteiro do longa alinha uma trama onde se vê o racismo e as tensões sociais por outras perspectivas graças ao trabalho do elenco formado por Lucélia Sérgio Conceição, Aldo Bueno, Oswaldo Faustino, Paulo Américo e Kenan Bernardes. Edson Montenegro, Janaína Leite, entre outros, dão vida a políticos, matadores de aluguel, mulheres fatais e advogados.

O filme foi gravado em 2016 e o personagem Oscar (Sidney Santiago) é um homem rico que tem ligações com uma facção criminosa. Um problema no esquema ilegal gera uma série de desdobramentos violentos que prendem a atenção do espectador. A obra também é um passeio por diversas referências da cultura popular e da formação racial do Brasil. A trilha sonora segue a mesma linha de experimentação misturando o Rap e a MPB.

Confira o trailer:

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

rashidfala.jpg
insdefesa.jpg
devassashow.jpg
manifestantesmarchamnacn.jpg