CULTURA / Quarta, 27 Abril 2022 17:21

Escolas dos Grupos de Acesso de SP somam mais títulos que as do Grupo Especial

Ao todo, cinco agremiações dos Grupos de Acesso I e II têm, juntas, nove títulos a mais que todas as sete já vencedoras da “Elite” do Carnaval de São Paulo

Texto: Redação | Foto: Pedro Borges

Carro alegórico de desfile da Camisa Verde e Branco, escola de samba do Grupo de Acesso I de São Paulo.
Introdução:

Ao todo, cinco agremiações dos Grupos de Acesso I e II têm, juntas, nove títulos a mais que todas as sete já vencedoras da “Elite” do Carnaval de São Paulo

Autor:

Texto: Redação | Foto: Pedro Borges

As escolas de samba dos Grupos de Acesso I e II do Carnaval de São Paulo somam nove títulos a mais que as escolas do Grupo Especial.

Vai-Vai, Camisa Verde e Branco, Nenê de Vila Matilde, Unidos do Peruche e X 9 Paulistana fazem parte dos Grupos de Acesso e juntas têm 40 títulos.

Já a Mancha Verde — campeã do Especial em 2022 —, Império de Casa Verde, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre, Acadêmicos do Tatuapé, Águia de Ouro e Rosas de Ouro possuem, ao todo, 31.

Veja o ranking de títulos considerados pela Liga das Escolas de Samba de São Paulo (Liga SP) a partir de 1965:

1º Vai-Vai: 15 (Caiu para o Grupo de Acesso 1);

2º Nenê de Vila Matilde: 11 (Subiu para o Grupo de Acesso 1);

3º Mocidade Alegre: 10 (Grupo Especial);

4º Camisa Verde e Branco: 9 (Grupo de Acesso 1);

5° Rosas de Ouro: 7 (Grupo Especial);

6º Gaviões da Fiel: 4 (Grupo Especial);

7º Unidos do Peruche: 3 (Grupo de Acesso 2);

8º: Império de Casa Verde: 3 (Grupo Especial);

9º X 9 Paulistana: 2 (Grupo de Acesso 1);

10° Acadêmicos do Tatuapé: 2 (Grupo Especial);

11° Mancha Verde: 2 (Grupo Especial);

12° Águia de Ouro: 1 (Grupo Especial).

Leia também: Brancas são maioria entre rainhas de bateria das escolas de samba em 2022

As vencedoras de 2022

Com o “Planeta Água” como samba-enredo, a Mancha Verde foi a grande vencedora do Grupo Especial, chamado de “Elite do Carnaval de São Paulo”. Esse é o segundo título conquistado pela agremiação, classificada com 269,9 pontos.

A Vai-Vai, detentora do maior número de títulos, desfilou no Grupo Especial em 2022 e ficou em 14º lugar, caindo para o Grupo de Acesso, onde desfilará em 2023, assim como a Colorado do Brás. Ambas pontuaram 269,1.

No Grupo de Acesso I, a vencedora foi a Estrela do Terceiro Milênio, escola do Grajaú, periferia da zona sul de São Paulo, que conquistou 270 pontos com o enredo “Ô abre alas que elas vão passar”, uma homenagem às mulheres da história do samba. Com a vitória, no Carnaval do ano que vem a agremiação desfilará pela primeira vez no Grupo Especial.

Segundo informações do G1, durante a apuração houve protesto de integrantes da Camisa Verde e Branco, agremiação que ficou em 5º lugar. Os membros da escola ironizaram as notas dos jurados e afirmaram que estariam “enterrando a tradição do samba de São Paulo”.

No Grupo II, a vencedora foi a Nenê de Vila Matilde, segunda escola com mais títulos na história do carnaval paulista. Em 2023, a tradicional agremiação retornará ao Acesso I.

Leia também: A Dialética do Samba e o Carnaval de 2022

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

melly.jpg
cafe.jpg
entrevistalazaroramos.jpg
lucaskinte.jpg