CULTURA / Sexta, 23 Julho 2021 12:45

Coletivo de PE lança edital para promover carreira musical de artistas periféricas

O grupo Força Tururu oferece prêmio em dinheiro, gravação de música e clipe para mulheres cis e trans moradoras da Região Metropolitana do Recife; a inscrição é gratuita

Texto: Redação I Imagem: Reprodução/Unsplash

Coletivo lança edital para promover carreira musical das mulheres de periferia
Introdução:

O grupo Força Tururu oferece prêmio em dinheiro, gravação de música e clipe para mulheres cis e trans moradoras da Região Metropolitana do Recife; a inscrição é gratuita

Texto: Redação I Imagem: Reprodução/Unsplash

Mulheres, cis e trans, moradoras de periferias da Região Metropolitana do Reicfe e que tenham 18 anos poderão desenvolver suas carreiras artísticas. O coletivo Força Tururu, que trabalha a comunicação popular e comunitária para o enfrentamento de violências, oferece prêmio de R$400, além de gravação de música e clipe por meio do edital "Canta pra Vida". 

O projeto visa promover trabalhos ligados à temática dos Direitos Humanos focando, principalmente, em questões sociais. Com lançamento no último dia 19 deste mês, o processo de seleção acontece até o dia 13 de agosto. O resultado está marcado para o dia 23 do mesmo mês. 

 

Leia também: Do flow da poesia para o Rap: Bell Puã estreia na música

As músicas enviadas serão ouvidas e julgadas pelos integrantes do coletivo Força Tururu e os critério de avaliação são: letra, voz, ritmo, melodia e engajamento social. Estes pontos receberão notas de 0 a 5. A música com maior pontuação ao final será a vencedora. A comissão também vai considerar o contexto em que a artista está inserida.

As inscrições poderão ser feitas por meio do número (81) 98409-9587 via WhatsApp. A organização do projeto pede que a música seja enviada à capela e sem ruídos que possam atrapalhar o entendimento da letra. Para mais informações, acesse o link

Leia também: 'A tecnologia ancestral a favor da cura': Luna Vitrolira lança seu 1º álbum

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS