COTIDIANO / Quarta, 13 Outubro 2021 12:50

Tiroteio em festa "paredão" deixa seis mortos e 12 feridos em Salvador

O adolescente Alexsandro dos Santos, de 16 anos, está entre uma das vítimas fatais; Suspeita é de que o crime tenha sido motivado após uma discussão entre homens que estavam na festa

Texto: Redação | Foto: Reprodução/Instagram

Tiroteio em festa "paredão" deixa seis mortos e 12 feridos em Salvador
Introdução:

O adolescente Alexsandro dos Santos, de 16 anos, está entre uma das vítimas fatais; Suspeita é de que o crime tenha sido motivado após uma discussão entre homens que estavam na festa

Texto: Redação | Foto: Reprodução/Instagram

Um tiroteio em uma festa do tipo "paredão" deixou seis pessoas mortas e 12 feridas na madrugada da quarta-feira (13), em uma região periférica do bairro do Uruguai, em Salvador. Segundo a Polícia Civil, a suspeita inicial é que o crime tenha sido motivado após o desentendimento de dois homens que estavam no evento. A festa reunia jovens e carros de som na comunidade quando houve o confronto que vitimou seis pessoas, incluindo um adolescente de 16 anos.

As demais vítimas fatais foram identificadas como Deivison da Conceição Santos Santana, Adriane Oliveira Santos, Jailton Sales do Santos e Terezinha Sales dos Santos, sendo que essas duas últimas vítimas podem ser parentes, no entanto, a informação ainda não foi confirmada. Dois suspeitos de envolvimento no crime estão entre os feridos e já foram identificados e presos pela polícia.

De acordo com a Polícia Militar, agentes da 17ª Companhia Independente da PM realizavam rondas pelo bairro quando foram acionados para atender a ocorrência na região conhecida como "Pistão".

Ao chegar no local, dois homens estavam no chão, sendo um ferido e o outro morto. As demais vítimas fatais foram socorridas para outras unidades de saúde, mas não resistiram. Os feridos foram encaminhados para o Hospital do Subúrbio e para unidades de atendimento na região da Cidade Baixa da capital baiana.

Em coletiva de imprensa, a Polícia Civil informou que imagens de câmera de segurança vão ajudar a identificar os suspeitos do tiroteio. Agora, a investigação busca identificar outros envolvidos e a principal motivação do crime.

“Com a prisão desses dois supostos envolvidos conseguiremos chegar a outros que participaram da ação e assim chegar à motivação do ocorrido”, relatou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro.

Leia também: Negros representam 77% das vítimas de homicídio, diz Atlas da Violência

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

novageracaoskate.jpg
temclimapraisso8.jpg
flagrapmbahia.jpg
anasanches7.jpg