COTIDIANO / Sexta, 24 Setembro 2021 09:56

Semiótica Antirracista abre inscrições para curso sobre comunicação e sociedade

Atividade visa levantar reflexões sobre as relações entre as tecnologias da comunicação e como elas atingem o comportamento social. Curso começa nos dias 2 e 3 de outubro

Texto: Redação | Foto: Pexels/Kekut Subiyanto

Introdução:

Atividade visa levantar reflexões sobre as relações entre as tecnologias da comunicação e como elas atingem o comportamento social. Curso começa nos dias 2 e 3 de outubro

Texto: Redação | Foto: Pexels/Kekut Subiyanto

A plataforma Semiótica Antirracista está com inscrições abertas para o curso online "Meios de Comunicação e Sociedade: o mundo na era da mediatização de tudo", que tem como objetivo levantar reflexões sobre as relações entre as tecnologias da comunicação e os impactos no comportamento social. O curso acontece nos dias 2 e 3 de outubro e as inscrições devem ser feitas através de um formulário online. (Clique aqui para se inscrever)

Ministrado pelos jornalistas Cássio Santana e Bruna Rocha, a atividade vai acompanhar os desdobramentos históricos dos meios de comunicação e as suas relações dentro da sociedade a partir de teorias de comunicação e jornalismo. A velocidade da mediatização e os impactos causados nas esferas sociais também será um dos assuntos levantados no curso, que tem carga horária total de 4 horas.

Na programação do curso também está prevista a disponibilização de bibliografia nuclear e complementar, bem como dinâmicas de discussão síncrona durante os encontros. O público alvo são profissionais de Comunicação e áreas afins.

O valor de investimento é de R$ 50. A plataforma tem uma política de bolsas orientada para profissionais de mídias negras. Mais informações podem ser consultadas através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Conheça os ministradores do curso

Bruna Rocha é jornalista, escritora, ativista e pesquisadora. É Assessora de Comunicação do Corra pro Abraço, programa de Redução de Danos do Governo do Estado da Bahia. Doutoranda e mestra em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom/UFBA), pesquisa a relação entre discurso, mediatização e acontecimento, a partir da cobertura do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. Foi diretora de Mulheres da UNE e secretária de Mulheres do Coletivo Enegrecer. Coordenou o 7° Encontro de Mulheres Estudantes da UNE, em 2016. É idealizadora e uma das coordenadoras do curso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica.

Cássio Santana é jornalista, escritor, mestre e doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), membro do Centro de Estudo e Pesquisa em Análise do Discurso (Cepad/UFBA). Pesquisa Análise do Discurso e Teorias da Comunicação, com interesse na construção dos discursos sociais. Jornalista da Editoria de Política do Jornal A Tarde. É um dos coordenadores do curso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica.

Leia também: Laboratório de inovação nas favelas realiza mapeamento de ações contra a COVID-19

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

ileaiyeemsalvador.jpg
juventudeeracismo.jpg
boletim39.jpg
ccsp.jpg