COTIDIANO / Sábado, 25 Setembro 2021 12:39

“Qual será o papel dos negros no governo?” questionam lideranças em encontro com Lula

O ex-presidente se reuniu neste sábado (25) com representantes de movimentos e organizações da periferia de São Paulo para dialogar sobre os planos de governo voltados para essa população

Texto: Pedro Borges e Giovanne Ramos | Edição: Pedro Borges | Imagem: Yago Rodrigues/Alma Preta

Imagem do evento. Na foto, Douglas Belchior questiona o ex-presidente Lula do papel dos negros em seu governo
Introdução:

O ex-presidente se reuniu neste sábado (25) com representantes de movimentos e organizações da periferia de São Paulo para dialogar sobre os planos de governo voltados para essa população

Texto: Pedro Borges e Giovanne Ramos | Edição: Pedro Borges | Imagem: Yago Rodrigues/Alma Preta

Douglas Belchior, da Uneafro, questionou o papel dos negros no governo petista durante o encontro de lideranças da periferia com o Lula neste sábado (25). Cerca de 50 pessoas se reuniram na Casa de Portugal, na Avenida Liberdade, centro de São Paulo, seguindo as medidas de segurança contra a COVID-19, para uma conversa com o ex-presidente acerca de assuntos e demandas referentes à população da periferia e negra. 

O encontro teve início às 10 horas da manhã com previsão de término às 12 horas, horário marcado para o início de uma coletiva de imprensa das mídias negras e de periferia com o ex-presidente. Na mesa de conversa estiveram presentes Douglas Belchior, da Uneafro; Dona Edith, do Sarau da Cooperifa; Gleisi Hoffmann, presidenta do Partido dos Trabalhadores (PT); os políticos Lula e Haddad; Jaqueline Lima Santos, do Reconexão Periferia e Claudinho Silva, da Conen

WhatsApp Image 2021 09 25 at 10.41.52

“É um encontro de Lideranças de Periferia de São Paulo com Lula, num contexto em que, nunca foi tão importante a sociedade civil estar mobilizada para a gente superar esse momento e dialogar com as lideranças políticas que, no caso do Lula, efetivamente vai ser aquele que irá enfrentar o bolsonarismo e, com nosso apoio, terá condições de derrotar ele (Bolsonaro) numa eleição, vai ter condições de nos ajudar a superar essa tempestade que o país está vivendo”, disse Douglas Belchior em entrevista à Alma Preta Jornalismo.

Tamires Gomes Sampaio, diretora do Instituto Lula, pontuou que o ex-presidente Lula construiu uma série de políticas públicas que transformaram a vida da periferia e que agora, no governo de Bolsonaro, vêm sendo desmontadas. “É fundamental ter esse encontro agora, porque vai ser um encontro de uma galera que não está só pautando reivindicações, mas também está colocando o que constrói no dia a dia. O presidente Lula precisa absorver o que a periferia está produzindo, precisa absorver o que os movimentos periféricos estão já construindo nesses espaços”, afirma.

Em apresentação, mediada por Jaqueline, o PT afirmou que a ideia é se reconectar com as periferias, onde já estiveram conectados, sobretudo nos anos 80. Organizações diversas, entre elas quilombolas, religiões de matriz africana, indígenas e a marcha das mulheres negras tiveram 3 minutos de fala cada. No total, 20 delas foram feitas.
Leia também: “Eu quero ver a minha cor no poder", cobra movimento negro em encontro com Lula

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

boletim40.jpg
boogienaipe.jpg
ileaiyeemsalvador.jpg
juventudeeracismo.jpg