COTIDIANO / Sexta, 16 Julho 2021 09:55

Paulistanos podem votar até domingo em propostas de orçamento para aumento de creches e assistência a idosos

O Orçamento Cidadão recebe anualmente sugestões da população para melhorar a gestão da cidade e das subprefeituras; até o momento as propostas receberam apenas 20 mil votos - uma queda de 50% na participação em relação ao ano passado

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nadine Nascimento I Foto: G10 Favelas/Paraisópolis

cidade de s.paulo tem orçamento participativo só com 27% de propostas de negros
Introdução:

O Orçamento Cidadão recebe anualmente sugestões da população para melhorar a gestão da cidade e das subprefeituras; até o momento as propostas receberam apenas 20 mil votos - uma queda de 50% na participação em relação ao ano passado

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nadine Nascimento I Foto: G10 Favelas/Paraisópolis

Termina neste domingo (18) o prazo de votação pela internet das propostas do Orçamento Cidadão, que são apresentadas pelos paulistanos para melhorar a gestão da cidade e das subprefeituras. Até agora, as 480 sugestões, pré-selecionadas por cada uma das 32 subprefeituras, receberam 20 mil votos - metade do que foi registrado no último ano.  As regiões com maior número de votos no Orçamento Cidadão são Lapa, Butantã e Campo Limpo.

As propostas falam sobre aumento de vagas em creches, criação de parques, instalação de programa de assistência aos idosos, entre outros temas. As cinco propostas mais votadas para cada subprefeitura, depois de analisada a viabilidade, serão incluídas até o dia 30 de setembro no texto do Orçamento de 2022, que será votado pelos vereadores. A consulta das sugestões apresentadas e a votação podem ser feitas no site do programa.

O período para as inscrições de propostas populares para o Orçamento de 2023 deve começar em abril ou maio do ano que vem. Qualquer morador da cidade de São Paulo pode votar ou mandar ideias.

Em 2020, das 12.354 ideias submetidas, apenas 27% delas eram de paulistanos negros. Segundo o último Censo, de 2010, 37% da população de São Paulo é negra (soma de pretos e pardos) - grupo mais afetado pela desigualdade e racismo estrutural.

Entre as cerca de 12 mil propostas de 2020, 6.754 foram de mulheres (55,6%), 5.273 de homens (43,4%) e 32 pessoas se declararam não-binárias.

Ao considerar a faixa etária, a maioria das pessoas que fizeram sugestões têm entre 35 e 39 anos de idade - este grupo representa 15,7% do total. Já os jovens, com idade entre 20 e 24 anos, apresentaram 793 ideias.

O programa Orçamento Cidadão é coordenado pela Secretaria Municipal de Finanças. Cada pessoa pode votar em até cinco propostas. Em outubro, a secretaria vai publicar o resultado da votação e fará audiências públicas explicando como ficou o Orçamento Cidadão para 2022.

Este ano, foram implantadas diversas propostas que partiram do Orçamento Cidadão. No Butantã, por exemplo, foi possível o aumento de vagas para o ensino fundamental 1 nas escolas; no Campo Limpo, foi aprovada a criação de um parque; na Capela do Socorro, foi aprovada a construção de moradias de interesse popular; já na Casa Verde, a criação de uma UBS (Unidade Básica de Saúde); e na Cidade Ademar, foi aprovada a criação de uma Casa de Cultura.

 

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

melly.jpg
cafe.jpg
entrevistalazaroramos.jpg
lucaskinte.jpg