COTIDIANO / Quarta, 29 Setembro 2021 12:59

“Onde está André?”: familiares procuram jovem sequestrado dentro de casa

Auxliar de cozinha, de 23 anos, está desaparecido desde a noite do último sábado (25); moradores da Cidade Tabajara (Olinda) organizaram segundo protesto para dar visibilidade ao caso

Texto: Victor Lacerda I Edição: Lenne Ferreira I Imagem: Reprodução/WhatsApp 

“Onde está André?”: Familiares buscam por jovem negro sequestrado de dentro da própria casa
Introdução:

Auxliar de cozinha, de 23 anos, está desaparecido desde a noite do último sábado (25); moradores da Cidade Tabajara (Olinda) organizaram segundo protesto para dar visibilidade ao caso

Texto: Victor Lacerda I Edição: Lenne Ferreira I Imagem: Reprodução/WhatsApp 

Um caso de desaparecimento tem mobilizado moradores da Cidade Tabajara, região periférica do município de Olinda, em Pernambuco. No último sábado (25), o auxiliar de cozinha André Luiz foi levado de dentro da própria casa. Segundo a família, André não tinha envolvimento com nada ilícito. Um protesto foi organizado para cobrar investigação sobre o paradeiro do jovem, que segue desaparecido. 

A esposa, Joice Camila - grávida de 5 meses e com uma filha de 1 ano e 9 meses -, em conversa com a Alma Preta Jornalismo, conta que estava na presença do marido quando o sequestro aconteceu. Ela afirma que toda a família estava em casa e por volta das 18 horas do sábado, André teria sido levado. 

Amigos e familiares estão acompanhando toda a busca ao lado da companheira de André e, como testemunhas, afirmam que ele se trata de um rapaz honesto e trabalhador. Mesmo com ligações em busca de informações nas delegacias, hospitais e até no Instituto de Medicina Legal (IML), nenhuma informação ainda foi encontrada. Dois dias atrás uma ligação surpreendeu a todos por se tratar de um pedindo 3 mil reais. Entretanto, amigos descobriram que não passava de um trote.

“Eu, a família, os amigos, ninguém está bem com isso que aconteceu e todos estão aguardando notícias. Até agora a polícia não entrou em contato, não deu respostas, não apresentou nada”, desabafa Joice. 

Como forma de chamar a atenção da polícia e demais serviços que possam viabilizar a procura pelo companheiro, a esposa, familiares e amigos de André foram até a PE-015, umas das principais vias que passa pelo bairro onde moram, e bloquearam a passagem dos veículos na manhã da última terça-feira (28). Com cartazes e aos gritos, todos perguntaram: “onde está André?”.

Para a Alma Preta Jornalismo, a esposa confirmou que um novo ato será realizado nesta quarta-feira (29). Toda a mobilização afirma que busca justiça através da visibilidade sobre o desaparecimento, pois sabem de como é feita em bairros periféricos. 

Contatada pela redação, a Secretaria de Segurança Cidadã de Olinda, até o fechamento da publicação, não apresentou retornos sobre quais medidas foram ou poderão ser tomadas sobre o caso. 

Leia também: Polícia tratou de forma desigual assassinato de Henry e sumiço de crianças em Belford Roxo

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

novageracaoskate.jpg
temclimapraisso8.jpg
flagrapmbahia.jpg
anasanches7.jpg