COTIDIANO / Segunda, 13 Setembro 2021 12:47

Hebert Conceição será homenageado pela Câmara de Salvador

Boxeador vai receber a medalha Thomé de Souza, honraria concedida a pessoas que prestam serviços relevantes para a capital baiana

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Wander Roberto/COB

Após conquistar ouro nas Olimpíadas, Hebert Conceição ganha homenagem na Câmara de Salvador
Introdução:

Boxeador vai receber a medalha Thomé de Souza, honraria concedida a pessoas que prestam serviços relevantes para a capital baiana

Texto: Redação | Foto: Divulgação/Wander Roberto/COB

O boxeador baiano Hebert Conceição será homenageado pela Câmara de Salvador com a Medalha Thomé de Souza, honraria concedida a pessoas que tenham prestado serviços relevantes para a capital baiana. Nas Olimpíadas de Tóquio, Hebert conquistou a medalha de ouro depois de uma luta emocionante contra o ucraniano Oleksandr Khyzhniak.
O campeão olímpico esteve na Câmara na última quinta-feira (9) e, segundo o presidente da Casa Legislativa, vereador Geraldo Júnior, a homenagem, ainda sem data definida, representa o orgulho do boxe para a população baiana. "O esporte é um forte fator social e educacional. Motivo de grande orgulho receber um atleta desta terra que brilhou nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Tenham certeza que essa Casa nunca faltará ao debate para o fomento ao movimento esportivo da cidade”, disse.
Para Hebert, a homenagem significa uma "honra imensa". "“Receber esta medalha me faz sentir ainda mais um cidadão soteropolitano. É uma honra imensa", celebrou o atleta.

Vitória mais emocionante
A vitória de Hebert Conceição aconteceu no dia 7 de agosto e foi considerada como a mais emocionante das Olimpíadas. O atleta, que disputou na categoria de até 75 kg, conquistou o ouro inédito no terceiro round, quando faltava 1min29 para o fim da disputa. A conquista veio depois de Hebert virar o jogo e nocautear o ucraniano Oleksandr Khyzniak, que estava com vantagem de 20 a 18 pontos para o atleta baiano.
A medalha de ouro de Hebert foi o melhor resultado na carreira do atleta de 23 anos. Durante sua trajetória profissional, Hebert foi medalhista de prata nos jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, e levou medalha de bronze no Mundial realizado na Rússia.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

melly.jpg
cafe.jpg
entrevistalazaroramos.jpg
lucaskinte.jpg