COTIDIANO / Terça, 08 Junho 2021 10:21

Garis de São Paulo fazem greve de 24 horas por vacina contra a Covid-19

Segundo o sindicato, cerca de 2 mil garis foram infectados pela Covid-19 desde o início da pandemia e pelo menos 50 morreram em decorrência da doença

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nataly Simões I Imagem: Siemaco

garis uniformizados seguram faixa pedindo vacina já
Introdução:

Segundo o sindicato, cerca de 2 mil garis foram infectados pela Covid-19 desde o início da pandemia e pelo menos 50 morreram em decorrência da doença

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nataly Simões I Imagem: Siemaco

Os cerca de 17.500 trabalhadores da limpeza urbana da cidade de São Paulo cobram da Prefeitura desde dezembro do ano passado a vacinação da categoria contra a Covid-19. Como não tiveram resposta até agora, nesta terça-feira (8), o Siemarco, sindicato da categoria, decidiu fazer uma protesto de 24 horas com a suspensão do trabalho.

Segundo o sindicato, a maioria dos garis, cerca de 60%, é negra. Cada trabalhador cumpre uma jornada de seis dias por semana, com 44 horas por trabalho. O Siemarco estima que cerca de 2 mil funcionários foram infectados pela Covid-19 e pelo menos 50 morreram em decorrência da doença.

Em média, os garis responsáveis pela varrição e coleta de lixo caminham entre 7 km e 8 km. Nas rotas de coleta feita por caminhões, os trabalhadores chegam a percorrer cerca de 30 km na cidade.

Quando era prefeito da cidade de São Paulo, em 2017, o atual governador do estado, João Doria (PSDB), vestiu um uniforme de gari e participou de um ato para promover uma campanha de limpeza urbana da cidade. Na época, o então vice-prefeito Bruno Covas (PSDB) e a atriz Regina Duarte também participaram da agenda promocional do prefeito.

"Esses trabalhadores e trabalhadoras atuam incessantemente, inclusive nos momentos mais críticos desta grave crise de saúde pública, colocando suas vidas e de seus familiares em risco, oferecendo um serviço essencial para o controle da pandemia em toda a sociedade e contribuindo diretamente para a redução dos índices de contágio desta doença", afirma André Santos Filho, presidente do Siemaco.

Na segunda-feira (7) os representantes do sindicato se reuniram com a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patrícia Ellen da Silva, para mais uma vez tentar um acordo e evitar a paralisação.

ato limp urbana 2Segundo sindicato, pelo menos 50 trabalhadores da limpeza urbana de São Paulo morreram vítimas da Covid-19. | Foto: Siemaco

A Prefeitura respondeu, em nota, que a abertura de novos grupos depende da chegada de novas doses de vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde aos Estados que repassam aos municípios. Sobre a paralisação dos garis, ela informou que não foi notificada com 72 horas de antecedência e que, por ser um serviço essencial, o sindicato deveria manter em atividade "equipes necessárias para atender a população", como diz a lei.  

Ainda segundo a Prefeitura, desde março foram vacinados os trabalhadores de limpeza que atuam na área da Saúde e que está dialogando com o sindicato e com o Estado para ampliar a vacinação. 

A Alma Preta Jornalismo entrou em contato com o Selur, sindicato dos donos de empresas de limpeza urbana, responsáveis pelos contratos de limpeza com as prefeituras do Estado que têm a coleta e varrição terceirizada. A reportagem questionou sobre as ações da entidade para que os trabalhadores fossem vacinados.  Até a publicação deste texto,  o Selur não se posicionou. Caso respondam, o texto será atualizado.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

memorialdasbaianas.jpg
izabelasantos02.jpg
racismoambientaltv01.jpg
iluoba.jpg