COTIDIANO / Terça, 14 Julho 2020 13:56

Escola de Escrita oferece bolsas de estudo para negros, indígenas e LGBTs

São 30 vagas para o segundo semestre em 15 cursos de artes, escrita e narração

Texto: Redação I Edição: Nataly Simões I Imagem: Divulgação

A Escola de Escrita está com inscrições abertas para 30 bolsas de estudo voltadas para candidatos negros, indígenas e LGBTs. As vagas são para as turmas virtuais de 15 cursos, que acontecerão nos meses de julho, agosto e setembro.

Para concorrer às bolsas, é necessário preencher um formulário, escolher o curso para o qual gostaria de receber uma bolsa e contar o motivo pelo qual a instituição de ensino deve escolhê-lo.

A escola existe há seis anos e é um espaço de construção da inteligência e investigação de processos criativos. As inscrições para os cursos devem ser feitas no site da escola. Os cursos disponíveis para o segundo semestre de 2020 são:

- Escrita criativa: primeiro contato, narrativas e procedimentos, com Julie Fank;

- Esboço, processo e desembaraço: como voltar a escrever, com Julie Fank;

- Escrita humorística: como ser bobo sem sair de casa, com Bolívar Escobar;

- Criação poética: primeiro contato, outras linguagens a procedimentos, com André Luiz Costa;

- Um continente chamado literatura: primeiros passeios pelos bosques do texto literário, com Luci Collin;

- Amor por escrito: como escrever sobre sentimentos sem as palavras de sempre, com Celso Alves;

- Literatura subversiva | primeiro contato: a tradição do novo, com Luci Collin;

- Literatura subversiva | primeiro contato: quem são afinal os modernistas?, com Luci Collin;

- Aperfeiçoamento linguístico-textual: um curso inteirinho sobre texto, com Julie Fank;

- Revisão e edição de texto: para quem faz de tudo, com Julie Fank;

- Clube de leitura | ClubEsc do fim do mundo, com Celso Alves e André Luiz Costa;

- Clube de leitura | ClubEsc para adiar o fim do mundo, com Celso Alves e André Luiz Costa;

- Narrativas LGBTQI+: literatura e desobediências sexuais e de gênero, com Francisco Mallmann;

- Narrativas astrológicas, com Estrela Leminski;

- Literatura indígena: um panorama, com Julie Dorrico.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

ccsp.jpg
umanobetofreitas.jpg
boletiim38.jpg
racismoemeioambientecop26.jpg