COTIDIANO / Sexta, 29 Janeiro 2021 11:22

Ativistas trans ampliam o debate contra a transfobia dentro e fora da Internet

Em todo o Brasil, perfis de ativistas trans pautam questões de combate à transfobia e produzem um conteúdo que tem o alcance ampliado pelos seguidores

Texto: Roberta Camargo | Edição: Lenne Ferreira | Imagem: Reprodução /Instagram

Entender lugar de fala como um canal que permite novos aprendizados sobre as plurivivências de pessoas trans pode ser um caminho para combater a transfobia. Neste dia Dia Nacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais, a Agência Alma Preta apresenta uma pequena mostra de um universo de ativistas, artistas e influenciadores negras e negros que têm pautado à discussão direitos para a população trans dentro e fora das redes sociais. 

A data foi criada em 2004, depois da participação de ativistas transgêneros numa campanha contra a transfobia, no Congresso Nacional. Na ocasião, foi lançada a primeira campanha contra transfobia no Brasil, que aparece no topo do ranking entre os países mais matam pessoas trans do mundo.

Conhecer mais sobre está realidade é uma forma de compreender as principais bandeiras e lutas de grupos que têm sido historicamente marginalizados e violentados.  Acompanhar o conteúdo produzido por pessoas trans, conhecer e consumir seus trabalhos, carreiras e, principalmente, a narrativa que estão construindo é sobre ampliar suas vozes e ciências.  Abaixo, listamos alguns perfis de quem tem usado a internet como ferramenta para elucidar e combater este tipo de violência.

Stefan Costa, bacharel em direito e produtor de conteúdo

Sher Machado, estudante da licenciatura em Física, streamer, YouTuber e secretária geral do Projeto de Capacitação Profissionalizante e Empreendedorismo para pessoas Trans do RJ

Michelly Longo, colunista da EZATAMAG, autora do perfil @empoderamentomulhertrans e produtora de conteúdo

Linn da quebrada, atriz, cantora e compositora brasileira

Maria Clara Araújo, pedagoga e assessora parlamentar

Théo Souza, produtor de conteúdo, e autor do @portaltransbr

Liniker, atriz, cantora e compositora

Le Cardenuto, produtor de conteúdo 

Giovanna Heliodoro, comunicadora, historiadora, pesquisadora e produtora de conteúdo

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

novageracaoskate.jpg
temclimapraisso8.jpg
flagrapmbahia.jpg
anasanches7.jpg