COTIDIANO / Sábado, 27 Março 2021 18:51

Desaparecimento de crianças em Belford Roxo completa 90 dias sem solução

Os meninos de 8, 10 e 11 anos desapareceram no dia 20 de dezembro de 2020 quando iam brincar de futebol na Baixada Fluminense; Em março a MP encontrou imagens das crianças caminhando em bairro vizinho

Texto: Redação | Imagem: Reprodução

Desaparecimento de crianças em Belford Roxo completa 90 dias sem solução
Introdução:

Os meninos de 8, 10 e 11 anos desapareceram no dia 20 de dezembro de 2020 quando iam brincar de futebol na Baixada Fluminense; Em março a MP encontrou imagens das crianças caminhando em bairro vizinho

Texto: Redação | Imagem: Reprodução

As crianças Fernando Henrique, de 11 anos, Lucas Matheus de 8 anos e Alexandre da Silva de 10 anos seguem desaparecidos desde o dia 27 de dezembro do ano passado. O caso continua sem solução e sem pistas do paradeiro após 90 dias de investigações e parentes pede ajuda para encontrar os meninos. 

No início do mês de março, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) encontrou imagens de câmeras de seguranças onde é possível ver os garotos caminhando na rua Malopia, no bairro vizinho onde moravam. O material já estava em mãos da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, mas os policiais especializados não encontraram o momento em que as crianças são filmadas. O vídeo se tornou a pista principal do caso. Segundo a defensoria pública, as buscas foram ampliadas nesse local.

O caso

Em 2020, os três meninos saíram para brincar na Comunidade do Castelar, em Belford Roxo. De acordo com a família, eles já estavam acostumados a brincar sozinhos pelas redondezas. A família afirmou que as investigações não começaram de imediato, como é o exigido pela lei desde 2005, e que a polícia agiu tarde demais.

Em entrevista à Alma Preta, a família ressaltou a questão racial. "“Se fossem crianças brancas, do Leblon, até a CIA já estaria investigando. Na Baixada, a maioria é negra. É o lugar para onde empurram os negros que não tinham direito de morar na cidade do Rio de Janeiro, para um lugar onde não tem direitos”, diz Mônica.

As investigações pelas crianças continuam.

Confira também:

Ministério Público encontra nova pista de crianças desaparecidas em Belford Roxo

Polícia ainda não tem pistas de crianças negras desaparecidas há nove dias em Belford Roxo

 

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

boletim40.jpg
boogienaipe.jpg
ileaiyeemsalvador.jpg
juventudeeracismo.jpg