COTIDIANO / Terça, 15 Junho 2021 16:30

Curso busca integrar crianças das periferias à tecnologia da informação

Inscrições vão até o dia18 de junho; o objetivo é ampliar o acesso da juventude à educação tecnológica

Texto: Roberta Camargo | Edição: Nadine Nascimento | Imagem: Reprodução/Instagram

Introdução:

Inscrições vão até o dia18 de junho; o objetivo é ampliar o acesso da juventude à educação tecnológica

Texto: Roberta Camargo | Edição: Nadine Nascimento | Imagem: Reprodução/Instagram

Para integrar crianças e adolescentes de 8 a 14 anos na educação tecnológica, a Jovens Hackers oferece 60 bolsas de estudo para o curso online de Programação e Robótica. A formação permite a participação de jovens de todo o Brasil, com preferência para meninas negras e moradores das regiões Norte e Nordeste.

"Existe uma segregação racial entre empregos que exigem alta e baixa qualificação e essa pouca diversidade ajuda a aumentar o abismo social entre os moradores das periferias, formadas majoritariamente por negros, e os bairros centrais e nobres, em sua maioria brancos", explica Arthur Gandra, fundador da Jovens Hackers, que reforça o desfalque na participação de pessoas negras neste segmento do mercado. 

Segundo dados do Ministério da Economia, em 2018, 4% dos profissionais de tecnologia da informação eram negros. O Ministério do Trabalho complementa os dados, apontando que 92% dos profissionais da área naquele ano eram brancos. 

Arthur ressalta a importância de compartilhar aprendizado de forma gratuita para ampliar o acesso das pessoas às carreiras de TI. Trata-se de um investimento para que as crianças e jovens possam ser criadoras de tecnologias e não apenas quem as consome. O objetivo é expandir o curso e capacitar mais jovens de todo o Brasil.

"Hoje as crianças são nativas digitais, mas apenas consomem a tecnologia e não as criam. O objetivo é democratizar o ensino de programação e robótica e desmistificar a tecnologia como algo difícil e distante da periferia", completa o fundador.

A metodologia de ensino abrange a aprendizagem criativa e da filosofia maker, onde os estudantes são estimulados a aprender colocando os projetos em prática. Com atividades lúdicas e gamificadas, os organizadores propõem ensinar e também divertir os participantes. As inscrições podem ser feitas através de formulário até o dia 18 de junho.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS