COTIDIANO / Terça, 17 Agosto 2021 15:58

Casal em situação de rua sofre queimaduras após ter barraca incendiada em Salvador

Caso aconteceu no Porto da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador; Suspeito é um homem que foi visto atenado fogo, mas fugiu

Texto: Redação | Foto: Reprodução

Incêndio casal em situação de rua
Introdução:

Caso aconteceu no Porto da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador; Suspeito é um homem que foi visto atenado fogo, mas fugiu

Texto: Redação | Foto: Reprodução

Um casal em situação de rua ficou ferido após ter a barraca onde morava queimada em frente a um hotel no Porto da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador. O caso aconteceu por volta das 17h40 da segunda-feira (16), conforme boletim da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), e informações preliminares apontam que o incêndio teria sido provocado por um homem, que ainda não foi identificado.

O casal dormia na barraca, que estava em frente ao monumento do Marco de Fundação da Cidade do Salvador, quandoar autor do incêndio teria ido ao local ater fogo. Ele fugiu depois do crime e ainda não há informações sobre a motivação. As duas vítimas tiveram queimaduras, mas a mulher apresentava lesões mais graves. Ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde deles não foi divulgado.

Segundo reportagem do Jornal Correio, que esteve no local, um morador disse que presenciou o incêndio e acredita se tratar de um atentado contra o casal em situação de rua. Ele também relatou que a vítima contou ter visto um homem colocando fogo na barraca, mas não conseguiu correr atrás do suspeito.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 14ª Delegacia Territorial (DT) da Barra, que já solicitou uma perícia e "segue com as investigações das circunstâncias do fato", completa a nota. Já a Polícia Militar disse que "De acordo com o comando da 11ª CIPM, a unidade não foi acionada para atender essa ocorrência".

Leia também: População em situação de rua e o interminável 14 de Maio, o dia pós abolição

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

melly.jpg
cafe.jpg
entrevistalazaroramos.jpg
lucaskinte.jpg