AGENDA / Quarta, 01 Dezembro 2021 12:12

Segunda edição da Mostra de Filmes Africanos do Recife acontece em dezembro

Com o tema “Entre territórios e travessias cinematográficas”, mostra tem programação na capital pernambucana e no município de Caruaru; evento conta com exibições de filmes clássicos e contemporâneos do cinema africano 

Texto: Redação I Imagem: Divulgação

Imagem mostra dois homens negros em um cavalo.
Introdução:

Com o tema “Entre territórios e travessias cinematográficas”, mostra tem programação na capital pernambucana e no município de Caruaru; evento conta com exibições de filmes clássicos e contemporâneos do cinema africano 

Texto: Redação I Imagem: Divulgação

Pernambuco recebe pela segunda vez a Baobácine – Mostra de Filmes Africanos do Recife, que contempla filmes clássicos e contemporâneos do cinema produzido em África ou retrata relações com o continente. Com o tema “Entre territórios e travessias cinematográficas”, o evento acontece na capital pernambucana nos dias 6, 7, e 8 de dezembro, e no município de Caruaru, nos dias 18, 20 e 21 do mesmo mês. 

Produzida por mulheres negras de Pernambuco e Rio de Janeiro, a Baobácine tem como objetivo a descolonização do olhar e formação de plateias para o cinema africano. A mostra dedica atenção especial ao cinema do Sudão - país cuja produção de filmes é diretamente impactada pelos processos de ruptura política que marcam sua história recente. Serão exibidos quatro filmes sudaneses: "Conversando sobre árvores" (2019), de Suhaib Gasmelbari; "Jamal" (1981), de Imbrahim Shaddad; "Tajouj" (1977), de Gadalla Gubara; e "Impedimento em Cartum" (2019), de Marwa Zein. 

As realizadoras africanas e afrodiaspóricas também possuem destaque, como na curadoria de Janaína Oliveira e Ludimilla Carvalho. Além das já citadas Everlane Moraes, Shirley Bruno e Marwa Zein, a mostra tem mais dois filmes dirigidos por mulheres: "O livro de Jasmine" (2017, Barbados), de Melanie Grant; e "Contrafeitiço" (2019, EUA), de Madeleine Hunt-Erlich. 

A segunda edição da Baobácine conta ainda com duas atividades paralelas: o minicurso "O cinema e o espelho", que será facilitado pela cineasta Everlane Moraes no Museu do Barro de Caruaru, e a roda de conversa "Cinema e Educação", que acontecerá no Teatro do Parque, no bairro da Boa Vista, no Recife, e terá participação de cineastas negros/as e da periferia da Região Metropolitana do Recife e de Caruaru. 

Leia também: ‘O Novelo’, premiado filme de Cláudia Pinheiro, estreia nos cinemas

Assim como na edição anterior, expositores e expositoras da ‘Feira Quilombar’ também venderão seus produtos durante a programação da Mostra. 

A Baobácine – Mostra de Filmes Africanos do Recife tem como realizadores a Fazendo Milagres Cineclube em parceria com o FICINE - Fórum Itinerante de Cinema Negro. Incentivo fica por conta do Funcuntura (fundo de incentivo à cultura em Pernambuco) e apoio da Cinémathèque Afrique da Embaixada da França no Brasil. 

Para conferir a programação e mais detalhes sobre horários de exibição e valores de ingresso, acesse o link

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

melly.jpg
cafe.jpg
entrevistalazaroramos.jpg
lucaskinte.jpg