AGENDA / Segunda, 10 Agosto 2020 12:08

Os 60 anos de ‘Quarto de Despejo’ é tema de curso com biógrafo de Carolina Maria de Jesus

Aulas online acontecem nos dias 18, 19 e 20 de agosto, às 20h, com inscrições abertas no site da startup Diaspora.Black

Texto: Redação | Edição: Nataly Simões | Imagem: Reprodução

Um dos mais célebres livros nacionais, Quarto de Despejo: diário de uma favelada, completa 60 anos da sua publicação ainda mais atual, no momento em que as desigualdades e o racismo da sociedade brasileira denunciados por Carolina Maria de Jesus na segunda metade do século 20 ainda permanecem latentes no Brasil.

Os temas abordados na obra e a trajetória da autora compõem o conteúdo do curso “A Atualidade de Carolina Maria de Jesus” e seu “Quarto de Despejo”, realizado pelo premiado biógrafo da escritora, Tom Farias. O curso online acontece nos dias 18, 19 e 20 de agosto, às 20h, com inscrições abertas no site da Diaspora.Black.

“A proposta é celebrar o marco do livro e a personalidade de Carolina, que viveu na pele as mais perversas formas de exclusão, apagamento, exploração e discriminação, e por isso construiu uma das mais profundas leituras da sociedade brasileira”, explica Farias, que ministrará as aulas.

Catadora de material reciclada e moradora da favela do Canindé, na Zona Norte de São Paulo, Carolina escrevia em cadernos usados encontrados no lixo as reflexões sobre sua condição social como mulher negra, favelada e mãe solteira de três filhos. Tanto em Minas Gerais, onde nasceu, quanto em São Paulo, onde morou, foi doméstica, babá e cozinheira em fazendas e casas de família.

O curso abordará aspectos da formação e família da escritora, antes da chegada a São Paulo, em 1937, levada pela família para quem trabalhava como doméstica. Também serão abordados o percurso de descoberta da escrita e sua peregrinação para publicar os primeiros textos e o sucesso que mudou a sua trajetória. Por fim, o último encontro aborda as contradições dessa nova fase, as outras publicações, a perseguição na ditadura militar, o abandono da sociedade e seu ostracismo.

Lançada em 2018 pela editora Malê, “Carolina, uma biografia” foi finalista do prêmio Jabuti e já é considerado um marco nos estudos sobre a autora de uma das obras brasileiras mais traduzidas e conhecidas no exterior. Autor da biografia e professor do curso, Tom Farias é jornalista e crítico literário, dedicado à pesquisa sobre personalidades negras na literatura brasileira, para destacar a relevância histórica de figuras como Cruz e Sousa, Lima Barreto, José do Patrocínio, entre outros. O professor também é crítico literário do jornal O Globo.

De acordo com a Diaspora.Black, os encontros vão acontecer sempre às 20h, ao vivo, e as aulas não serão disponibilizadas posteriormente. O curso online integra a programação de experiências online focadas na cultura negra promovidas pela startup, que realiza a curadoria de atividades e oferece mais de 80 atividades online para o público vivenciar valores e legados da cultura negra de todo o mundo.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui nosso Catarse

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

ileaiyeemsalvador.jpg
juventudeeracismo.jpg
boletim39.jpg
ccsp.jpg