Texto: Divulgação / Edição de Imagem: Pedro Borges

Com o objetivo de expor os danos causados à saúde mental por conta do racismo e acolher pessoas negras neuroatípicas ou não, o projeto colaborativo Não Estamos Bem surge com uma proposta transmidiática, a partir de uma concepção de comunicação diferente daquela em que há um emissor e um receptor da informação. Ambos, emissor e receptor, dialogam e unem forças para atingir a pessoa negra.

De acordo com Naira Évine, idealizadora do projeto, lidar com uma saúde mental quase inexistente, silenciada, invisibilizada e, por diversas vezes, enlouquecida, resume sua própria história. Em certo momento, quando percebeu que não estava sozinha, que tudo que passou – e ainda passa – é mais comum do que imaginava, passou a se sentir acalentada. Naira ainda acrescenta que a população negra não só morre no sentido literal, mas também vivencia a experiência de morrer e ter que sobreviver cotidianamente. Pela vontade de reverter essa invisibilização, desmistificar preconceitos, debater sobre o tema, ouvir e entender uns aos outros sem medo de que menosprezem suas dores, Naira contou com parceiras e parceiros de diversos estados que abraçaram a causa com muito amor e entrega.

Diante disso, o Não Estamos Bem pretende tornar visível a discussão sobre racismo, através da rede de desabafo, onde serão aceitos textos de pessoas negras que buscam um espaço seguro para desabafar, a produção de uma web série no Youtube e, posteriormente, um documentário sobre o mesmo tema.

No site, que já está no ar, podem ser conferidos textos jornalísticos, poemas, ensaios, experiências, como também artigos, livros e materiais sobre saúde mental, racismo e o impacto do racismo na saúde mental das pessoas negras. A web série, que está em fase de pré-produção, discutirá o tema com abordagens mais especificas e com recortes de classe, gênero, sexualidade, entre outros. Por fim, o produto final será um documentário falando sobre o tema e o projeto com pessoas de diversos tipos e lugares Brasil afora.

Para saber mais, acesse:

Site do projeto.

Página no Facebook.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos