A lista, longe de ser limitante e definitiva, apresenta alguns nomes que falam contra o racismo, transfobia, machismo, educação, genocídio e pobreza

Texto / Thalyta Martins
Imagem / Reprodução do Facebook de cada artista

Na sexta-feira (23), Baco Exu do Blues lançou um novo álbum “Bluesman”, no qual fala de saúde mental dos negros, suicídio, depressão, bipolaridade, codependência, como ele mesmo explicou no Instagram, mas também de racismo, estereótipos, romance, desejos, autoestima, apropriação cultural e muitos outros temas latentes no dia a dia da pessoa negra no Brasil e no mundo. Confira a primeira música do trabalho lançado nas plataformas digitais.

Abaixo uma lista de outros artistas que também discutem temas importantes para a nossa sociedade, como transfobia, machismo, racismo, pobreza, capitalismo, aborto, educação, genocídio, entre outros.

Tem alguma indicação? Deixa a gente saber nos comentários.

1. Rosa Luz

Rosa, mulher negra, trans, periférica, atriz, youtuber, artista visual, performer, fala sobre suas vivências no seu álbum “Rosa Maria CODINOME Rosa Luz”. Exaltando a diversidade nas periferias afrolatinas, religiosidade, seus versos são fortes, e aborda também a violência sobre corpos marginalizados e indesejados por boa parte da sociedade. É em uma mistura de ritmos que ela se expõe e instiga luta. Confira o trabalho abaixo.

2. Preto

O rapper Preto está dentro do universo Hip Hop desde os 14 anos. Depois de várias parceiras e trabalhos, ele tem trabalhado em projetos solos desde 2016 e já lançou o EP “Não Me diga Que Está Tudo Bem”, além de dois singles. Atualmente está trabalhando no álbum “Canto Negro”, no qual fala da luta antirracista. “O álbum é um grito meu pro mundo que o Canto Negro vai ecoar.”, disse em entrevista. Na música “A cor da alma”, que compõe o trabalho e que foi feita em parceria com Ciano, ele fala de Marielle Franco, Luana Barbosa, Claudia Silva Ferreira e Amarildo, inspirado em matérias lidas no Alma Preta. Confira a música abaixo:

3. Amanda Rosa

Natural de Salvador, Bahia, Amanda Rosa é poeta, atriz e MC. Participa de vários eventos levando suas histórias em rimas, poemas e performances. Recentemente lançou uma música com o cantor Venas. Confira abaixo uma música de Amanda. 

4. Okado do Canal

Natural de Recife, Okado é rapper, arte educador e videomaker no Favela News, bboy e ator. Entre seus trabalhos, está o álbum “Cada Dia Daria Um Rap”, lançado em 2017. São letras de protestos, mensagens de conscientização e protesto com várias participações da velha e nova escola do rap pernambucano e nordestino. Confira o trabalho abaixo.

5. Jenny Zion

Campineira, 019, Jenny Zion é cantora, compositora e rapper. Já lançou músicas falando sobre diversos temas, incluindo violência policial, genocídio negro, preconceito racial, vida nas periferias, vivências no amor romântico, educação, entre outras. Confira abaixo um de seus trabalhos.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos