fbpx

Iniciativa também premiará o vencedor do melhor projeto com uma viagem para a Espanha em 2021; inscrições vão até 15 de agosto

Texto: Redação I Edição: Nataly Simões I Imagem: Divulgação

O programa Diáspora Conecta, que oferece um prêmio no valor de R$ 10 mil para cineastas e roteiristas negros com projetos em andamento, está com inscrições abertas até o dia 15 de agosto.

A iniciativa, comandada pela Diáspora Lab, possui duas categorias: roteiro e produção. Os laboratórios vão ocorrer entre 6 de outubro e 26 de novembro, de forma online, com consultoria das cineastas Joelma Oliveira Gonzaga e Paula Gomes (Brasil), Tanya Valette (República Dominicana) e Xenia Rivery (Cuba).

Tanya Valette foi a primeira mulher a dirigir a Escola Internacional de Cine y Televisión de San Antonio de los Baños, em Cuba, fundada pelo escritor colombiano Gabriel Garcia Marquez.

O programa oferece também o prêmio Mirasasdoc, que consiste em uma viagem com tudo pago para participar do AFROLATAM LAB (Fórum de Coprodução África - América Latina), do Festival Miradasdoc, na Espanha, em 2021.

Para participar do programa, é preciso ter mais de 18 anos, ser negra ou negro, residente no Brasil, e ter projetos de longa-metragem de ficção ou de documentário em fase de desenvolvimento.

O resultado da pré-seleção do programa será divulgado em 20 de setembro. Entre os dias 21 e 24 de setembro acontece uma bateria de entrevistas com os pré-selecionados. O resultado final será divulgado no dia 25 de setembro.

No Diáspora Lab Roteiro, que tem foco em roteiristas com paixão pelo cinema, para participar é necessário ter um projeto cinematográfico em desenvolvimento, de ficção ou documentário, em formato de longa-metragem. Serão selecionados até seis projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, três de ficção e três de documentário.

Já no Diáspora Lab Produção, voltado ao aprimoramento das habilidades criativas de produtores negras e negros independentes, é necessário ter produzido ao menos um longa-metragem, ou dois curtas-metragens, ou uma série para televisão, de ficção ou documentário, como produtor(a) principal. Quem foi selecionado na última edição não poderá participar na edição deste ano.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com