Reunião ocorre no Centro de Convivência em Campinas e discute “Quarto de despejo”, livro de Carolina Maria de Jesus

Texto / Thalyta Martina
Imagem / Reprodução

A roda de conversa do grupo de leitura Café Preto Leia Mulheres Negras acontece pela primeira vez em Campinas na próxima terça-feira, às 16:30 no Centro de Convivência, no bairro do Cambuí.

O evento vai reunir mulheres e homens para discutir o livro “Quarto de Despejo” de Carolina Maria de Jesus. Segundo a organizadora, Tainá Oliveira, o encontro é importante porque incentiva esse tipo de leitura gerando empoderamento e representatividade. “Acho importante saber por meio de livros a história do nosso povo, nossas vivências e dores, e entender que a literatura é coisa de preto sim!”, explica.

O livro “Quarto de Despejo - Diário de uma favelada”, publicado em 1960, é composto por relatos de Carolina Maria de Jesus, mulher negra, mãe de três filhos e moradora de favela em São Paulo. O livro foi escolhido por continuar retratando a vida de muitas mulheres negras. “Muitas de nós ainda residem em favelas, ainda estão em situações de marginalização, ainda são o próprio quarto de despejo da sociedade”, afirma Tainá.

A campanha Leia Mulheres Negras foi criada por Bianca Gonçalves, professora, pesquisadora e poeta negra, como uma extensão à campanha Leia Mulheres, criada em 2014. Ela mantém o blog “Bianca não é branca” desde 2016, onde escreve sobre funk, cultura pop, além de crônicas e ensaios.

O grupo de Campinas Café Preto Leia Mulheres Negras foi criado em dezembro de 2017 por Tainá Oliveira com o objetivo de promover conhecimento da cultura negra por meio de leituras de mulheres negras. A proposta é ler e discutir um livro por mês em diversos locais do município de Campinas. Segundo ela o projeto nasceu quando teve contato com outros grupos de leitura com proposta feminista, mas que, ainda assim, não a contemplava enquanto mulher negra.

No final da discussão acontece um café coletivo. Todos estão convidados a levar sua contribuição e uma caneca para evitar o uso de copos descartáveis.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
Rua Tonelero 201, ap 102. CEP: 05056-000
Vila Ipojuca, São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos