Plataforma Intié, desenvolvida pelo Coletivo Di Jejê, apresenta nova perspectiva de formação para professores, estudantes e interessados na temática indígena

Texto / Pedro Borges
Imagem

O Coletivo Di Jejê apresenta ao público a plataforma e-learning Intié, com conteúdos e cursos voltados para a formação de estudantes, professores e interessados sobre o conhecimento e a cultura indígenas.

A Intié, palavra do tronco linguístico tupi guarani, significa feminino / mulher, é uma ação de fomento a praticas educativas pos coloniais e busca incidir na lei federal 11.645 garantindo a efetivação do ensino da historia e cultura afro-brasileira e indigena. Além disso, conta com seis cursos. São 30 vagas e as inscrições podem ser feitas até o dia 31 de abril.

O certificado dos cursos tem extensão de 90h e são válidos para concursos públicos, processos seletivos e evolução funcional de professores e professoras. O conteúdo, que estará disponsível a partir do dia 10 de maio, pode ser acessado a qualquer momento pelo celular, tablet ou notebook.

O projeto visa apresentar diferentes perspectivas de saber que rompam com a hegemonia eurocêntrica, presente na educação nacional. De acordo com o Coletivo Di Jejê, esse é um “desafio permanente, principalmente na perspectiva pós colonial”.

Conheça os cursos:

Kirü: O objetivo deste curso é dar voz às histórias e culturas dos povos indígenas brasileiros. Distanciando da ideia de uma única história para esses povos.

Kitangu: Objetivo: Trabalhar com lendas indígenas

Kawò: Objetivo: Entender, discutir e refletir sobre Patrimônio Cultural dos Povos Indígenas, as heranças, tradições e ensinamentos das culturas Indígenas no Brasil.

Kunugu: Objetivo: Conhecer a literatura e línguas indígenas brasileiras.

Sadna: Objetivo deste curso é relacionar Educação e Cultura Indígena.

Povos indígenas no Brasil - perspectivas atuais: Objetivo deste curso é localizar os índigenas no mundo atual. As novas lutas que se dera com o passar do tempo como espaço, patrimônio e turismo cultural

Serviço:

A pré venda está disponível na loja do Coletivo Di Jeje. O custo da formação é de R$ 150,00, que podem ser parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito, ou à vista no boleto bancário. O aluno paga uma única vez e tem acesso por 6 meses ao conteúdo dos cursos.

Para adquirir o curso ou saber mais, acesse aqui.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos