Atividade promovida pela Usina de Valores tem como objetivo promover análise crítica sobre o trabalho jornalístico para evitar possíveis manipulações editoriais

Texto / Amauri Eugênio Jr.
Imagem / Divulgação

A oficina “Mídias negras: contranarrativas para além do senso comum”, cujo foco consiste em analisar conteúdos de veículos jornalísticos para o despertar de olhar crítico em leitores e o consequente consumo de informações que evite possíveis manipulações editoriais, acontece em 14 e 21 de junho.

Organizada pela Usina de Valores, a atividade terá como estudo de caso a pesquisa “Narrativas brancas, mortes negras”, liderada por Pedro Borges, cofundador do Alma Preta, Nathalia Oliveira, cofundadora da INNPD (Iniciativa Negra por Uma Nova Política de Drogas), CELACC-USP (Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação) e Ponte Jornalismo.

Baseada no método utilizado pelo cientista social Laurence Barwin, o estudo levou em conta as palavras mais e menos usadas pela Folha de S.Paulo sobre a crise do sistema carcerário brasileiro entre 1º e 14 de janeiro de 2017, com ênfase em rebeliões ocorridas em Manaus (AM), Boa Vista (RR), e Natal (RN), e resultaram na morte de 119 pessoas sob a custódia do Estado.

O estudo contemplou as palavras mais e menos utilizadas ao longo do trabalho do veículo sobre o tema, assim como quais foram as fontes mais e menos procuradas pelo jornal.

O primeiro dia de oficina visa resgatar a análise feita anteriormente e, a partir desse ponto, os participantes compartilharão impressões sobre a cobertura e trocarão informações com os pesquisadores.

Já no segundo dia, a mesma metodologia será aplicada sobre uma reportagem da mídia negra a respeito do mesmo tema da pesquisa. O objetivo da atividade é comparar as duas coberturas e, em seguida, apresentar mais detalhes sobre a imprensa negra no brasil.

Como participar?

A oficina “Mídias negras: contranarrativas para além do senso comum” acontecerá nos dias 14 e 21 de junho (quintas-feiras), das 18h às 22h – a recepção e a troca de ideias acontecerão das 18h às 19h; e a oficina será realizada das 19h às 22h.

O evento acontecerá no Galpão Cultural Humbalada (avenida Grande São Paulo, 282, Parque Brasil, São Paulo – próximo à estação Grajaú da CPTM).
Inscrições poderão ser feitas aqui.

 

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
Rua Tonelero 201, ap 102. CEP: 05056-000
Vila Ipojuca, São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos