Texto: Divulgação / Edição de Imagem: Pedro Borges

Baseado no livro O mundo no black power de Tayó, de Kiusam de Oliveira, a apresentação defende a riqueza cultural afro-brasileira e enfrenta o preconceito

Celebrando o feriado da Consciência Negra, o Auditório Ibirapuera apresenta Tayó – O Musical, dia 20 de novembro, domingo, às 19h, com entrada gratuita. O espetáculo foi inspirado no livro O Mundo no Black Power de Tayó, de Kiusam de Oliveira. Criado pela autora do livro e a banda Morabeza Nação, o musical narra a vida da princesa Tayó, cujo nome significa “da alegria”, uma menina negra, de seis anos, que se orgulha do seu cabelo crespo com penteado black power, enfeitando-o de diversas formas.

A trama apresenta uma personagem cheia de autoestima, capaz de enfrentar agressões dos colegas de classe, que dizem que seu cabelo é “ruim”. “Mas como pode ser ruim um cabelo fofo, lindo e cheiroso”? “Vocês estão com dor de cotovelo porque não podem carregar o mundo nos cabelos”, responde a garota para os colegas. O enredo transforma o enorme cabelo crespo de Tayó em uma metáfora que enriquece a cultura negra e abre espaço para uma conversa sobre educação étnico-racial.

Tayó – O Musical tem como tônica a sensibilidade, usada para tratar a questão de uma possível educação para as relações étnico-raciais onde as pessoas consigam viver felizes e aceitando as belezas presentes nas diferenças. Kiusam conta da história no palco, narrando a jornada da menina ora interpretada por Mariana Per e pela boneca Tayó, feita pela artesã de boneca(os) negros, Luciene Campos. A trilha sonora é de Léo Cavalcante e Renato Gama, este último, criador de composições feitas especialmente para o espetáculo.

Brasilidades e africanidades se encontram no musical em uma forma específica de contar histórias, nos figurinos afro-contemporâneos, e no cenário, inspirado inteiramente em tudo o que a princesa Tayó carrega em seu penteado.

Sobre os criadores:

Kiusam de Oliveira é artista multimídia, arte-educadora, bailarina, coreógrafa e contadora de histórias. Sobre o tema, ministra cursos, palestras, oficinas e workshops em congressos e universidades em todo o país. Além de Tayó, é autora de Omo-Oba: histórias de princesas (2009). Nascido para cantar histórias, o Grupo Morabeza Nação tem como formação músicos da banda Nhocuné Soul, que trazem na bagagem referencias africanas e acreditam ser possível conviver com a diversidade de um jeito leve, agradável e construtivo.

Repertório:

1. Dança das flores – Renato Gama
2. Seus olhos – Renato Gama/Ananza Macedo/Ronaldo Gama/Kiusam de Oliveira
3. Orobô – Renato Gama/Kiusam de Oliveira
4. Black Power – Renato Gama
5. Mamãe – Renato Gama
6. Neguinha sim – Renato Gama
7. Voltar minha mãe – Renato Gama
8. Orixás (ninar) – Renato Gama
9. Reinado – Renato Gama
10. Tayó – Renato Gama

Serviço:

Tayó – O Musical

Dia 20 de novembro, domingo, às 19h

Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Entrada gratuita

Distribuição de ingressos na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação

Limite de dois ingressos por pessoa

Capacidade: 806 lugares

Classificação indicativa: Livre.

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Capacidade: 806 lugares

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera

(Entrada para carros pelo Portão 3)

Fone: 11.3629-1075

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

http://www.auditorioibirapuera.com.br/

Ônibus:

Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz
Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras
Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro
Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela
Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz
Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana
O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento
do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos