fbpx

Nas duas capitais, os protestos acontecem na tarde do domingo (7); a recomendação é que os participantes usem máscaras de proteção e álcool em gel

Texto: Nataly Simões | Imagem: Reprodução/Twitter

Pelas vidas perdidas de Miguel Otávio, João Pedro Matos e de todos os outros jovens negros mortos a cada 23 minutos no país, conforme indica o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado Federal, manifestantes convocam atos por justiça em São Paulo e no Rio de Janeiro para o domingo (7). O protesto também é em memória de George Floyd, asfixiado por um policial branco nos EUA.

As convocatórias foram feitas em publicações nas redes sociais e pela circulação de mensagens em aplicativos de conversa. Nas duas capitais, a recomendação é que os participantes usem máscaras de proteção e álcool em gel, como forma de evitar a disseminação da Covid-19. A orientação é que pessoas do grupo de risco não compareçam.

No Rio de Janeiro, a concentração do ato está marcada para às 14h, no Busto do Zumbi, no Centro, com saída às 15h. Em São Paulo, a concentração do ato também será às 14h, em frente ao Masp, na Avenida Paulista. A manifestação deve contar com a participação de integrantes de torcidas de times paulistas como o Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, comprometidos com mobilizações sociais.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com