Evento de lançamento da obra que reúne estudos sobre as violências sofridas pela população negra também será transmitido pela internet

Texto / Nataly Simões | Edição / Pedro Borges | Imagem / Marcos Santos/USP

O livro “As Interfaces do Genocídio no Brasil: Raça, Gênero e Classe” será lançado nesta sexta-feira, 20 de setembro, às 14h, em um seminário no Instituto de Estudos Avançados da USP, na Cidade Universitária, em São Paulo.

A obra reúne estudos sobre as violências sofridas pela população negra e que atingem a saúde física e mental desse segmento social. O trabalho é dirigido aos profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde).

O objetivo é disseminar os conhecimentos práticos e científicos necessários para o atendimento da população negra, que representa a maioria dos brasileiros (54,9%), de acordo com a estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O seminário será conduzido pelo fundador do Movimento Negro Unificado (MNU), José Augusto Gonçalves da Silva (Neninho de Obaluaê), e pelos pesquisadores Dennis de Oliveira, Maria Glória Calado, Ricardo Alexino, Marisa Feffermann e Weber Lopes Góes.

Para participar, é necessário se inscrever por meio de um formulário na internet. O evento também será transmitido ao vivo no site do Instituto de Estudos Avançados da USP.

Serviço:

“As Interfaces do Genocídio no Brasil: Raça, Gênero e Classe”

Data: 20 de setembro, sexta-feira, às 14h

Local: Instituto de Estudos Avançados da USP | Praça do Relógio, 109, Cidade Universitária, São Paulo – SP.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos