Números fazem parte do estudo “Óbitos por Suicídio entre Adolescentes e Jovens Negros”, documento publicado pelo Ministério da Saúde; Racismo é um apontado como um dos fatores para essa diferença de mortalidade

Jovens negros do sexo masculino, entre 10 e 19 anos, são as principais vítimas de suicídio no país. Em comparação ao mesmo grupo de gênero e etário do segmento racial branco, os pretos e pardos são 67% mais vítimas de suicídio.

Quando são amparados jovens entre 10 e 29 anos, a diferença persiste entre os dois grupos raciais. Para essa faixa etária, mulheres e homens negros são 45% mais alvos de suicídio. Essa diferença sobe para 50% quando os dados abordam apenas pessoas do sexo masculino.

Os dados apresentados pelo Ministério da Saúde mostram que, entre 2012 e 2016, houve variação de 12% nos índices de suicídio entre jovens negros, enquanto o número se manteve estável entre os brancos.

Em números absolutos, enquanto em 2012 houve o registro de 4,88 óbitos por cada 100 mil habitantes para jovens e adolescentes negros, em 2016 esse índice atingiu a marca de 5,88. Entre os jovens e adolescentes brancos, essa alternância foi de 3,65 para 3,76.

Os números foram publicados durante o Seminário Nacional de Saúde da População Negra na Atenção Primária. O estudo foi produzido pelo Ministério da Saúde, com dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

O documento também aponta o racismo como um dos elementos para justificar essa discrepância entre os dois segmentos raciais.

"Um dos grupos vulneráveis mais afetados pelo suicídio são os jovens e sobretudo os jovens negros, devido principalmente ao preconceito, à discriminação racial e ao racismo institucional", aponta a cartilha.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos