Celebração reúne atrações diversas e coloca à disposição do público comida, oficinas, artesanatos, apresentações musicais e discotecagem das 5h às 22h

Texto / Divulgação
Imagem / Divulgação

Acontece no sábado (14) o 15° Arraial Afro Julino da Comunidade Jongo Dito Ribeiro: Mulheres, Tambores e Cabaças. O evento, que será realizado das 5h às 22 horas, será sediado na Casa de Cultura Fazenda Roseira, em Campinas (SP).

Organizada pela Comunidade, a festividade anual, cuja tradição a faz ser sempre realizada no segundo sábado de julho, tem duração de aproximadamente 18 horas e conta com a participação de cerca de 4000 pessoas.

A festa conta também com apresentações culturais e artísticas de grupos parceiros de diversas localidades do Estado de São Paulo do segmento afro-brasileiro. Além disso, a celebração conta com diversas barracas de comidas típicas juninas e de artesanato.

Histórico

Em 2009, o Arraial foi inserido no calendário oficial do Estado de São Paulo em virtude de sua importância e da divulgação que promove da diversidade da cultura afro. Em 2014, a festividade foi inserida também no calendário oficial do município de Campinas.

A elaboração, desenvolvimento, divulgação e organização do Arraial é de responsabilidade da própria comunidade, por meio da união de diferentes gerações, assim como de amigos e familiares no maior evento realizado pela Comunidade Jongo Dito Ribeiro.

A comunidade consiste em um grupo de pessoas unidas ancestralmente que reconstitui a manifestação do jongo em Campinas, por meio da memória Benedito Ribeiro, de rodas com toque, canto e dança, com o objetivo de compartilhar essa cultura ancestral.

Atrações

Diversos grupos da região metropolitana de Campinas, interior do Estado e capital paulista irão apresentar-se no evento. Alguns destaques são as Mulheres, tambores e cabaças, Caixeiras da Nascente, Bateria Alcalina, Ojú Obá, Ilu Obá de Min, Maracatucá, Bateria Alcalina, Coco do Encantado, Jongo Dito Ribeiro, Baque Mulher, Pavio de Candieiro e convidadas, Sarau das Pretas, Quadrilha Junina dos Artistas, Marília Corrêa, Jongo do Tamandaré, Andréia Preta, Carol Ladeira e Ieda Cruz, e Comunidade Jongo Dito Ribeiro.

O público terá também acesso a oficinas de jogos africanos e de samba rock. Além disso, a festa terá discotecagem feita por DJ Barata, DJ K-Mina, DJ Raiz NegaLivre, DJ Odara, DJ Pagu e DJ Raquel.

Serviço

15° Arraial Afro Julino da Comunidade Jongo Dito Ribeiro: Mulheres, Tambores e Cabaças
Sábado (14), das 05h às 22 horas
Casa de Cultura Fazenda Roseira (rua Domingos Haddad, 1, Residencial Parque da Fazenda, Campinas)
Entrada: R$ 10, a serem pagos apenas em dinheiro, ou 2 kg de alimento não perecível.

 

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos