Área plantada com árvores frutíferas reduziu de 40% para 3% por conta das chamas no dia 26 de junho. Doações de mudas de diversas espécies estão sendo aceitas até o dia 31 de agosto

Texto / Divulgação
Imagem / Jongo Dito Ribeiro

A Casa de Cultura Fazenda Roseira, localizada no Residencial Parque da Fazenda, em Campinas, interior de SP, foi atingida por um incêndio em 26 de junho deste ano. O fogo atingiu boa parte da plantação da unidade, que foi iniciada há sete anos e concentrava árvores frutíferas e legumes.

“A parte mais atingida foi a nossa agricultura quilombola, onde estávamos com um processo de sete anos de cultivo, de cuidado, de execução de projetos e demandas para aquela área. Cientificamente falando, a gente estava fazendo um processo de agrofloresta. Tínhamos uma diversidade vegetal grandiosa”, disse a coordenadora geral da Casa de Cultura, Bianca Lúcia Martins Lopes, na semana do ocorrido.

Agora a comunidade está fazendo uma campanha para recolher doações de mudas e sementes de diversas espécies 31 de agosto. As doações podem ser levadas à Casa de Cultura Fazenda Roseira.

Acontecerá, em 1º e 2 de setembro, um mutirão para replantio nas áreas que foram destruídas. No sábado, as atividades têm início a partir das 8h; e no domingo, a partir das 9h. Para participar é necessário fazer inscrição prévia pelo link. A Comunidade ofertará refeição a todas e todos os voluntários que participarem.

A Casa de Cultura

A Casa de Cultura Fazenda Roseira está instalada em Campinas foi ocupada pela Comunidade Jongo Dito Ribeiro em 2007 e é um espaço de preservação do patrimônio, da memória e da cultura afro-brasileira, e abriga movimentos sociais e religiosos de matriz africana. Além disso, promove diversas atividades culturais e educativas no município, entre as quais podem ser citados o Encontro Juventude de Terreiro da região Metropolitana de Campinas e o Arraial Jongo Dito Ribeiro.

O que doar?

100 mudas de Primavera - em caráter de urgência, pois serão usadas para o cercamento da área.

A comunidade requisita também as doações de 100 mudas de, respectivamente, alface, rúcula, chicória, couve, agrião e cebolinha. Além disso, são solicitadas também doações de 50 mudas relativas a cada espécie a seguir: salsinha, salsão, coentro e mostarda.

Outros pedidos para doações, cuja necessidade abrange a 50 mudas de cada espécie, dizem respeito a alecrim, orégano, arruda, manjerona, manjericão, alfazema, hortelã, colônia, poejo, cidreira. erva-doce, cana-do-brejo e quebra-pedra.

Outras demandas, também para replantio, abrangem doações de 50 mudas de tomate e de chuchu; 100 bulbos de inhame e de cará, 100 mudas de banana e 100 manivas de mandioca; 30 mudas de abacaxis, limões, laranjas, jabuticabas e 30 acerolas; além de 10 gansos para a preservação da área.

Onde doar?

Doações poderão ser encaminhadas para Casa de Cultura Fazenda Roseira (rua Domingos Haddad, s/nº - Residencial Parque da Fazenda, Campinas) de terça-feira a sexta-feira, das 10 às 17h.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos