fbpx

Pensando neste Dia dos Namorados, o Alma Preta separou algumas músicas memoráveis que conseguiram deixar o preconceito e o racismo de lado

Texto / Simone Freire | Imagem / Reprodução

Símbolo sentimental de uma geração inteira, o pagode da década de 1990 sempre está naquela roda de amigos quando o assunto é amor e afeto, principalmente quando falamos da paixão entre o homem e a mulher negra.

Pensando neste Dia dos Namorados, o Alma Preta separou algumas músicas memoráveis que conseguiram deixar o preconceito e o racismo de lado!

Confira a lista!

1. Beijo geladinho

2. Teu Chamego - Grupo Raça

3. Nada vai nos separar - Grupo Malícia

4. Recado a minha amada - Katinguelê

5. Coral de Anjos - Grupo Sensação

6. Farol das Estrelas - Soweto

7. Tão Seu - Raça Negra

8. Se melhorar estraga - Karametade

9. Desejo de amar - Eliana Silva

10. História de Amor - Juventude S/A

 O povo preto quer narrar suas histórias

Vivemos em um mundo de disputa. Nossa sociedade tem profundas marcas das desigualdades que foram desenhadas ao longo da história. Na atualidade parece que há espaço para debate, a tão falada representatividade está sobre a mesa.
Mas o povo preto quer mais. Queremos narrar nossas próprias histórias. Queremos ter direito de fala não somente quando essa é concedida. Somos múltiplos, somos muitos e plurais. A ótica de ser preto no Brasil se revela como um espectro, tamanha a diversidade dos povos ancestrais que nos originaram, e a variedade de experiências que podemos ter e ser. Pertencer. O que nos conecta é pele.

Apoie o Alma Preta e nos ajude a continuar contando todas essas histórias.

Vamos fazer jornalismo na raça!

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com