url @import ( fonts.googleapis.com/css?family=Oswald );

Em viagem recente para a África do Sul, país conhecido pela produção vinícola, o editor-chefe do Alma Preta, Pedro Borges, teve a oportunidade de aproveitar os sabores das cervejas locais e decidiu compartilhar essa experiência

Texto: Pedro Borges | Imagem: Pexels

Sentar em um restaurante sul-africano e pedir uma taça de vinho é algo muito recomendado. As mais de 600 vinícolas do país são reconhecidos em todo mundo e tem valores acessíveis, diferente dos vinhos chilenos, americanos e de outros locais do mundo.

O país de Nelson e Winnie Mandela, contudo, não se limita ao vinho. Apesar de não ser a pedida mais habitual no país, mantive a minha preferência e optei por experimentar as cervejas sul-africanas enquanto estive por lá. Confesso que me surpreendi e me deparei com um país com uma qualidade incrível de cervejas, inclusive das populares.

Decidi então montar uma lista para quem aprecia cervejas e planeja uma viagem para a África do Sul. Eu bebi outras, mas não consegui anotar todas. Listei, contudo, aquelas que mais me marcaram e apresentaram um gosto singular.

Vale destacar que existe uma rota turística para a degustação de cervejas no país. Ao fim do texto, vou listar alguns locais interessantes para o público.

Devil’s Peak

É a cerveja mais popular no país e, entre as que bebi, aquela que mais lembra as Pilsen nacionais. Ela tem um preço bastante acessível e é a mais consumida pelos sul-africanos. O gosto, porém, é bem melhor do que a das brasileiras. É um pouco mais escura, um pouco mais forte e saborosa. A ressaca também é bem mais tranquila.

Se você quiser sair para um bar ou balada e não tiver muito dinheiro, vá de Devil’s Peak que você não se arrependerá. É possível degustar a cerveja na Devil’s Peak taproom, na Cidade do Cabo. O link é esse aqui.

Tiger

Essa cerveja é uma delícia. Quem gosta daquela bebida encorpada, mais escura, cujo tom chega no laranja, recomendo e muito. Essa foi certamente a cerveja que mais gostei de tomar entre as que apreciei na África do Sul.

No Brasil, quem gosta das cervejas da marca Colorado com certeza vai adorar o sabor da Tiger.

Jack Black

Quando bebi a Jack Black, pensei que estava tomando um chopp. É uma cerveja cremosa, deliciosa, em especial para quem curte um chopp. Apesar de também popular, é uma cerveja com “gosto”, diferente de algumas populares nacionais.

Apesar de ter um “gosto”, não se trata de uma cerveja pesada. Seria uma ótima opção para um churrasco com os amigos e a família.

Patuf

Essa é uma cerveja bastante equilibrada. Não chega a ser encorpada, mas também não é aquela bebida sem sabor. Não deixa, por exemplo, quem bebe com aquela sensação de estufado, cheio ou pesado.

Se você quiser sair para beber com os amigos, essa é uma boa pedida. Vai conseguir beber sem ficar “empapuçado” e também acordar sem ressaca.

Onde degustar?

Durban: S43 - That Brewing Company - https://www.station43.co.za/tbc.php

Joanesburgo: SAB World of Beer - http://www.sab.co.za/

Cape Town: Beerhouse - Bar na Long Street, rua mais badaladinha de Cape Town, mas dá pra fazer degustação lá também - www.beerhouse.co.za/

Paarl (cidade da região vinícola, próxima a Cape Town): Cape Brewing Company - https://capebrewing.co.za/brewery/

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos