A repórter Lívia Martins preparou um especial para o Alma Preta sobre as seleções africanas classificadas para a Copa do Mundo. Toda semana, divulgaremos o perfil de uma equipe do continente com participação confirmada no torneio. Acompanhe o especial Alma de Futebol

Texto / Lívia Martins
Imagem / Divulgação/Nike

Após quatro anos de espera e preparação, mais uma Copa do Mundo se aproxima. Depois do torneio acontecer no Brasil, o próximo destino das 32 nações classificadas é a Rússia.

A felicidade em jogar, mostrar garra em 90 minutos e defender o manto de cada país é receita de qualquer equipe no torneio.

Mas, se a dedicação, a vontade, e o direito de participar do torneio são os mesmos, então por que a mídia não joga holofotes para todos os times de maneira igual? O olhar da mídia voltado para o Ocidente privilegia as nações europeias e faz com que cheguemos ao campeonato pouco sabendo sobre as equipes asiáticas e africanas.

Por isso, é com muito orgulho e um coração de torcedor pulsante, que a repórter especial Lívia Martins irá trazer um panorama geral dos times africanos que estarão na Copa do Mundo de 2018. Bem-vindo ao Alma de Futebol!

Imagem: Divulgação/Nike

Com vocês, a águia do continente: Nigéria

A seleção nigeriana chega à sexta participação no torneio e tentará superar as oitavas de final, fase mais avançada que o país já conseguiu chegar em jogos de Copa do Mundo.

Conhecidos como “águias verdes”, a maioria dos jogadores convocados pelo técnico alemão Gernot Rohr não joga em nenhum time da divisão local. A equipe conta com 30 jogadores e desses, apenas três atletas atuam em times da Nigéria. O restante atua, majoritariamente, no campeonato europeu. Os principais jogadores da seleção são os atacantes Ahmed Musa (CSKA Moscou-Rússia), Victor Moses (Chelsea - Inglaterra), Alexander Iwobi (Arsenal - Inglaterra) e o meio-campista Jonh Obi Mikel (Tianjin Teda - China).

É até estranho olhar o ponto positivo do êxodo futebolístico, mas a bagagem que os nigerianos adquirem em campeonatos extremamente competitivos, como o inglês e o espanhol, podem ajudá-los na Copa do Mundo.

A Nigéria faz parte do equilibrado grupo D com Croácia, Argentina e Islândia. A oportunidade de bater craques como Messi (Barcelona-Espanha) e os atletas croatas Modric e Kovacic (Real Madrid - Espanha) pode fazer os nigerianos avançarem para as oitavas de final e pegarem uma das seleções do grupo C - Peru, França, Dinamarca ou Austrália.

“A Nigéria quer fazer mais do que apenas passar da fase de grupos. Nós queremos jogar as quartas de final e até mesmo a semifinal. Por que não?”, afirmou Ahmed Musa, CSKA Moscou-Rússia, em entrevista ao site oficial da FIFA.

O bom desempenho e a consistência desse grupo fez da seleção a primeira do continente africano com carimbo no passaporte para a Rússia. O primeiro jogo é em 16 de junho contra a Croácia. Àṣẹ, irmãos!

Convocados:

Goleiros:

Francis Uzoho (La Coruña, Espanha), Ikechukwu Ezenwa (Enyimba-Nigéria), Daniel Akpeyi (Chippa United-África do Sul) e Dele Ajiboye (Warri Wolves - Nigéria);

Defensores:

Abdullahi Shehu (Bursaspor-Túrquia); Tyronne Ebuehi (Ado Den Haag-Holanda); Olaoluwa Aina (Hull City-Inglaterra); Elderson Echiejile (Brugge-Bélgica); Bryan Idowu (Amkar Perm-Rússia); Chidozie Awaziem (Nantes-França); William Ekong (Bursaspor-Turquia); Leon Balogun (Mainz 05-Alemanha); Kenneth Omeruo (Kasimpasa-Turquia); Stephen Eze (Lokomotiv Plovdiv-Bulgária);

Meio-campistas:

Mikel John Obi (Tianjin Teda-China); Ogenyi Onazi (Trabzonspor-Turquia); Wilfred Ndidi (Leicester-Inglaterra); Oghenekaro Etebo (Las Palmas-Espanha); John Ogu (Hapoel Be'er Sheva-Israel); Uche Agbo (Standard Liege-Bélgica); Joel Obi (Torino-Itália) e Mikel Agu (Bursapor - Turquia).

Atacantes:

Odion Ighalo (Yatai- ChinaI), Ahmed Musa (CSKA Moscou - Rússia), Victor Moses (Chelsea-Inglaterra), Alex Iwobi (Arsena - Inglaterra), Kelechi Iheanacho (Leicester-Inglaterra), Moses Simon (Gent-Bélgica), Junior Lokosa (Kano Pillars-Nigéria) e Simeon Nwankwo (Crotone - Itália).

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
Rua Tonelero 201, ap 102. CEP: 05056-000
Vila Ipojuca, São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos