Com estreia prevista para 2019, “Sintonia” retrata história de três jovens na periferia de São Paulo em meio à música, tráfico de drogas e religião

Texto / Amauri Eugênio Jr.
Imagem / Reprodução YouTube


A realidade da quebrada deixará de ser retratada com a ótica marginalizada e elitista adotada pela sociedade, e poderá ser vista na Netflix com o olhar de quem veio de lá. A plataforma de streaming fará, em parceria com Kondzilla, a série “Sintonia”.

A trama aborda o cotidiano da periferia de São Paulo sob o ponto de vista dos jovens Doni, Nando e Rita. O trio cresceu junto na mesma comunidade, onde o funk, o tráfico de drogas e a influência da igreja coexistem e moldam, de certo modo, o caráter dos moradores de lá – inclusive deles. De acordo com a sinopse, os três jovens tentam ter estilo de vida diferente do qual tiveram contato desde sempre, mas com o passar do tempo se dão conta de que as únicas pessoas que podem salvá-las de si mesmas são elas próprias.

Konrad Dantas, o Kondzilla, deixou evidente o entusiasmo em participar do projeto, ao falar sobre como espera influenciar os jovens que vivem na periferia. “É o projeto mais antigo da minha vida e sempre sonhei em criar e dirigir uma ficção. Espero que seja mais uma das minhas realizações a inspirar mais molecada de favela a persistir com seus sonhos também – nada é impossível. Favela venceu!”, diz o cara, cujo canal no YouTube tem 29 milhões de assinantes e 1 bilhão de visualizações mensais. 

A empolgação de Kondzilla é compartilhada pela atriz Alice Braga, cofundadora da produtora Losbragas, envolvida também no projeto. De acordo com ela, “Sintonia” é relevante pelo fato de criar plataforma original para talentos surgidos na quebrada terem condições de contarem suas próprias histórias e assumirem protagonismo - esse é o caso do próprio diretor.

“Uma voz emergente que encontrou seu lugar fora da mídia tradicional, Kondzilla nos mostrou uma mensagem poderosa e força criativa, estabelecendo o que se tornou um dos maiores canais de música do YouTube no mundo. ‘Sintonia’ é uma narrativa em primeira pessoa e estou honrada em ficar ao lado dele enquanto conta sua história - da periferia do Brasil para o mundo", ressalta Alice.

A série, cuja criação é de Kondzilla, Felipe Braga e Guilherme Quintella, tem lançamento global na Netflix previsto para 2019. Confira a seguir o teaser da série.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos