Texto e Edição de Imagem: Pedro Borges

Slam é uma batalha inspirada nos movimentos de Poetry Slam, em que pessoas se reuniam para uma disputa de poesias autorais

No dia 27 de janeiro, sexta-feira, acontece o primeiro Slam da Zona Norte. A organização, composta por Viic Oliveira, Ingrid Martins, Yara Alves, Renato Kolla, escolheu o Largo da Matriz, Freguesia do Ó, para ser o primeiro palco da disputa.

O Slam, competição de poesias autorais com duração de até três minutos, será realizado, de acordo com os idealizadores, toda segunda sexta-feira de cada mês, sempre em um diferente local da Zona Norte da cidade. A primeira edição ocorre no Largo da Matriz por uma questão de acessibilidade, tanto para os moradores da região, quanto para interessados de outros bairros de São Paulo.

Viic Oliveira, uma das organizadoras do evento, diz que a proposta ganhou corpo por conta de uma ausência de atividades como essa na região. “E o surgimento parte exatamente disso, da falta desse tipo de movimento na Zona Norte, já que existem Slams nas outras áreas, e aqui ainda não havia”.

A articulação independente de saraus, slams e outras atividades por parte das periferias, é uma atitude exaltada por Viic. “As periferias precisam agir de forma independente, se articulando para proporcionar suas ações com características próprias e autônomas. É preciso que a galera organize os seus próprios movimentos, afim de propiciar mais opções artísticas e culturais na quebrada”.

Ela destaca a popularização das poesias, a maior proximidade com o ato de escrever, as amizades e companhias que podem se construídas nesse processo, para além de outros frutos que o Slam pode trazer para a zona norte. “Outra intenção é plantar uma sementinha para que novos Slams possam brotar aqui na região, atingindo assim um número enorme de poetas e artistas, porque olha, a Norte é grande e cheia de inspiração”.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos