A África abriga a raiz de boa parte da música ocidental, mas continua produzindo ritmos e artistas inovadores; conheça alguns deles na lista a seguir

Texto: Iacy Correia e Solon Neto
Imagem: Divulgação

Quase toda a música popular ocidental tem raiz negra. Rock, Samba, Jazz e Blues são apenas alguns exemplos da influência cultural africana solidificada nas sociedades coloniais. Com o avanço da Indústria da Cultura no século XX, essa influência cresceu e levou para o mundo todo suas batidas e nuances, fazendo com que novos ritmos surgissem no caminho, como o Hip-Hop e o Funk brasileiro.

Apesar de ser possível escutar essa influência em toda a sociedade ocidental, o próprio poder de sua indústria limita o espaço para a música de outros lugares. Foi pensando nisso que o Alma Preta preparou essa lista com 15 artistas africanos, com o objetivo de ampliar o seu conhecimento musical. Os ritmos vão desde o R&B, Hip-Hop e Pop ao Afrobeat, Afro Soul, Kizomba e Ragga.

1. Anselmo Ralph
Anselmo Cordeiro da Mata, também conhecido pelo nome artístico de Anselmo Ralph, é um cantor angolano de Kizomba e R&B, nascido em Luanda . Em 1995, fez parte do grupo NGB (New Generation Band), com quem gravou o seu primeiro disco. Em 2014 e 2015, Anselmo foi um dos mentores do programa The Voice Portugal.

2. Calema
Em 2009, em São Tomé e Príncipe, surgia uma dupla composta pelos irmãos Fradique e António Mendes Ferreira: Calema. A palavra significa uma especial ondulação na costa Africana, onde a praia traz consigo sempre alguma coisa, histórias, saudades ou sentimentos. É por isso que “Calema” traz a música, emoções, cultura, e o sol para o pop são-tomense.  

3. Júlia Duarte
Nascida na cidade de Beira, Júlia Duarte é uma cantora moçambicana de Kizomba, que ganhou notoriedade e fama nacional ao participar do reality show musical Fama Show, em 2006.



4. Korede Bello
Korede Bello é um cantor e compositor nigeriano, nascido em Lagos. Ficou conhecido por seu hit "Godwin" que liderou muitas paradas musicais na Nigéria.  Em 2016, ele ganhou o prêmio de “Melhor Artista Pop do Ano”, da People Entretainment Awards 2016 e de “Melhor  Afro-vídeo Contemporâneo”, da 9th Nigeria Musica Awards.

5. Khaligraph Jones
Brian Robert Ouko, também conhecido como Khaligraph Jones, é um rapper nascido em Nairóbi.  Jones invadiu a cena musical quaniana em 2009, após vencer uma competição musical no canal queniano O Emcee África, aos 19  anos. Atualmente, é um dos rappers mais célebres do Quênia.



6. Lizha James
Nascida na capital em Maputo, Elisa Lisete James Humbane, popularmente conhecida como Lizha James, é uma cantora moçambicana, com um estilo musical que mistura de Marrabenta, Ragga, R&B e Hip hop. Conhecida também por seu estilo, já foi considerada como uma das artistas mais diversas e bonitas de Moçambique.

7. Maleek Berry
Maleek Shoyebi, popularmente conhecido como Maleek Berry, é um produtor musical e músico nigeriano de origem britânica.  Foi nomeado como "Produtor de Música do Ano" em 2014,  no Nigeria Entertainment Awards e já trabalhou com nomes importantes da música nigeriana, como os rappers Wizkid e Wale.


8. Nonso Amadi
Com 21 anos, Nonso Terrence Amadi ou Nonso Amadi, é um cantor e compositor nigeriano de R&B e Afro Soul que estourou nas paradas musicais nigerianas de 2015, com o EP “Alone” e, em 2016, com “Late Nights”. Atualmente, seu single “Tonight” é um dos mais tocados e mais bem avaliados pelos críticos musicais nigerianos. 


9. Pérola  
Jandira Sassingui Neto, mais conhecida como Pérola, é uma cantora e compositora angolana dos ritmos  Kizomba,  R&B, Semba, Soul. Nascida na província do Huambo, teve a primeira grande oportunidade no mundo da música no programa de caça talentos “Coca Cola Pop Stars”, da África do Sul. No entanto, ela acabou sendo desclassificada, já que não era sul-africana.


10. Patoranking
Patrick Nnaemeka Okorie, mais conhecido pelo seu nome artístico Patoranking, é um cantor  e compositor de reggae dancehall nigeriano. Nascido e criado em Ijegun-Egba, ele começou a carreira musical fazendo colaborações com artistas nigerianos influentes na cena local. Desde 2016, é um dos técnicos da versão nigeriana do programa The Voice.


11. Rouge
Deko Barbara-Jessica Wedi, popularmente conhecida como Rouge,  é uma rapper da new school  do hip hop sul-africano. Nascida e crescida em Pretória, ela sempre sonhou em se tornar uma artista e começou a cantar aos 6 anos de idade. Aos 12, começou a compor e aos 19 entrou para o rap. Ela participou do  MTVBase Cyphers no“New Skool”,  categoria dos rappers mais esperados em 2017.

12. Sarkodie
Michael Owusu Addo, conhecido pelo seu nome artístico Sarkodie, é um rapper ganês, nascido em Tema.  Apontado como um dos rappers mais influentes da África, em 2012, ganhou a categoria  de “Melhor Artista Internacional: África “e foi indicado na mesma categoria em 2014, na premiação estadunidense BET Awards.



13. Tiwa Savage
Nascida em Ikeja, capital de Lagos, Tiwatope Savage-Balogun, conhecida pelo nome Tiwa Savage, é uma cantora, compositora e atriz nigeriana.  Em 2016, ela teve 4 indicações no Africa Music Viedeo Awards:  “Vídeo Africano do Ano”, “Melhor Cantora do Ano”, “Melhor Vídeo do Oeste Africano” e “Melhor Performance Africana”, prêmio realizado pela TV nigeriana WatsUp TV. 

14. Tekno
Augustine Miles Kelechi popularmente conhecido pelo seu nome artístico Tekno Miles ou simplesmente, Tekno, é um cantor e compositor, produtor, ator e dançarino nascido em Bauchi, na Nigéria. Foi indicado como “Melhor Artista Internacional: África”, no prêmio estadunidense BET Awards 2017.

15. Wiz Kid
Ayodeji Ibrahim Balogun, conhecido como  Wizkid, é um cantor e compositor nigeriano. Em 2016, alcançou o reconhecimento internacional após sua colaboração com Drake no sucesso global, "One dance", que alcançou o número um em 15 países, incluindo os Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Austrália.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos