Após vice-campeonato em 2003, Camarões retorna a Copa das Confederações em busca do segundo título de 2017. Em fevereiro, a equipe conquistou a Copa Africana de Nações após bater o Egito por 2 a 1.

Texto e imagem / Vinicius Martins 

Após conquistar a Copa Africana de Nações deste ano, a seleção de Camarões estreia na Copa da Confederações da Rússia em Moscou, neste domingo (16), às 15h, diante da seleção do Chile. A partida acontece no Estádio do Spartak Moscow e marca o retorno da equipe camaronesa à competição após 14 anos.

A última participação aconteceu em 2003, na França, quando a seleção de Camarões obteve sua melhor participação no torneio. Os Leões Indomáveis foram vice-campeões e perderam a partida final para a seleção francesa após gol de ouro de Thierry Henry.

A trajetória de Camarões naquele ano também foi marcada pela morte do meia Marc-Vivien Foé durante partida semifinal contra a Colombia. Aos 27 minutos de partida Foé caiu desacordado em decorrência de um infarto fulminante.



Em 2017, o time chega ao torneio continental em momento conturbado. A equipe perdeu por 4 a 0 para a Colômbia em amistoso internacional realizado na última terça-feira (13). Nas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia do ano que vem, Camarões está fora da zona de classificação para a competição a quatro pontos da Nigéria, líder do grupo.

Fora de campo, a Federação Camaronesa de Futebol (FECAFOOT) passa por um momento de crise. Desde 2014, a entidade passa por disputas políticas entre grupos ligados ao governo e entidades do futebol local. O comando da federação segue sem uma definição sobre sua legitimidade. No dia 07 de agosto de 2017, uma reunião na sede da FIFA na Suíça será realizada para resolver o impasse.

Entre as quatro linhas

Além de enfrentar o Chile neste domingo, Camarões ainda joga contra a Austrália na quinta-feira (22), em São Petersburgo, e contra a Alemanha no domingo (25), em Sochi. Para repetir o desempenho na última participação no torneio e conquistar o segundo título da temporada, os camaroneses entram em campo com uma seleção jovem e renovada.

A nova geração que compõe a equipe possui apenas dois jogadores com mais de 28 anos, são eles Sébastian Siani e Ernest Mabouka. Entre os destaques do elenco que entra em campo neste domingo estão o goleiro do Ajax (Holanda) André Ohana e o atacante Vincent Aboubakar do Besiktas (Turquia).

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos

Cron Job Iniciado