Música relata realidade da juventude negra morta dia após dia nas periferias brasileiras.

Texto e imagem / Divulgação

A juventude negra é a maior vítima de homicídios em nosso país. Segundo a Anistia Internacional, dos 56 mil homicídios que ocorrem por ano no Brasil, mais da metade são entre os jovens. E dos que morrem, 77% são negros.

Para discutir sobre esse quadro preocupante, os Rappers Gill Preto (Ex Negritude Ativa), Kairos, Nativo e ELLY Pretoriginal (DMN), se juntaram para escrever um protesto lírico, para refletir coletivamente sobre a violência contra jovens negros e pobres.

O videoclipe contextualiza cenas fortes e reais dentro da realidade vivida pela Juventude Negra. Confira, compartilhe e combata o Exterminio da Juventude Negra que é violentamente dizimada nas periferias.

Ficha Técnica

Letra: Gill Preto, Kairós , Nativo e Elly Pretoriginal
Backing Vocal: Jairo Hortêncio
Prod: Jone BL
Gravado na: Timeless Records
Mix/Máster: Felipe Gama
Mãe: Suely Bispo
Filipe Souza
Marcos Oliveira
Marcus Vinicius Rocha
Policial: “Neco”
Policial 2: “Tio Edmar”
Maquiagem: Rômulo Corrêa dos Santos
Apoio de Produção: Gislene Bento
Apoio de Produção: Malic Zambi

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos